Comunidade do Outeiro faz apelo a Bordalo para recuperação da Escola Estadual Brasília

Problemas na infraestrutura da escola estão colocando em risco o aprendizado e o trabalho de alunos e professores

Sem merenda, com a fiação exposta e a rua de acesso tomada por mato. Essa é a realidade da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Brasília, localizada no bairro da Brasília, Distrito de Outeiro em Belém. A comunidade escolar da região fez um apelo ao deputado Bordalo (PT) o qual protocolou moção, na última terça-feira (19), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA) solicitando providências que atendam as reivindicações de pais, alunos e professores da escola estadual.

O parlamentar encaminhou o documento ao conhecimento do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação – SEDUC e da Secretaria Municipal de Saneamento – SESAN relatando que a comunidade escolar da região tem sofrido com problemas na rede elétrica da Escola que estão causando danos aos aparelhos de ar-condicionado das salas de aula gerando transtornos no processo de continuidade das aulas.

A comunidade apela para que sejam adquiridos equipamentos novos e que haja a manutenção frequente das centrais de ar. Além disso, há um grande problema com o fornecimento da merenda escolar que tem se apresentado insuficiente para atender os 1.245 (mil duzentos e quarenta e cinco) alunos do ensino fundamental e médio matriculados na escola, a qual também atende o público do Ensino de Jovens e Adultos-EJA. O parlamentar enfatiza que a alimentação deve ser disponibilizada, em caráter de urgência, para todos os alunos.

E não é só no interior da escola que os problemas são frequentes somado a eles há a dificuldade de acessar o espaço escolar. De acordo com a comunidade, as ruas de acesso à escola estão tomadas pelo mato. Em períodos chuvosos, essas ruas tornam-se intrafegáveis pelos transeuntes devido à lama, a piçarra e as poças de água na via pública.

Blog do Bordalo WhatsApp Image 2021 10 22 at 11.54.49 edited 1
Rua de acesso à Escola Estadual

A comunidade escolar da escola Brasília solicita ainda, que as atividades presenciais sejam suspensas até que o problema na rede elétrica seja resolvido considerando que a falta de acesso à internet prejudica, sob medida, o desenvolvimento das atividades escolares que dependem desse meio, além de que o problema de oscilação da rede elétrica pode causar curtos-circuitos no aparelhos colocando em risco o espaço escolar e, sobretudo, a vida de alunos, professores e demais funcionários da escola.

COMUNIDADE E APRENDIZADO

Bordalo enfatiza na moção que estes problemas estruturais geram grande desmotivação nos alunos e professores. Isso interfere, diretamente, na qualidade do ensino, o que implica proporcionalmente no processo de aprendizagem com um todo. Além disso, as reivindicações da comunidade buscam garantir que o funcionamento presencial da Escola Estadual Brasília ocorra em condições dignas.

O apelo foi feito por meio da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa, a comunidade apresentou à Comissão um ofício e um abaixo assinado com anexos solicitando que o parlamentar demande todos os esforços para assegurar que os problemas enfrentados pela comunidade escolar sejam resolvidos.

De acordo com o Censo Escolar da Educação Básica, do Ministério da Educação (MEC), em 2019, 3,5 mil escolas públicas não tinham banheiros, o que representava 2,4% do total. Em 2020, aumentou para 4,3 mil, 3,2% do total. A internet banda larga não chegava a 15 mil escolas urbanas em 2019 (18,1%), e cresceu para 17,2 mil (20,5%) em 2020. Além disso, 35,8 mil escolas seguem sem coleta de esgoto, 26,6% do total.

O documento foi encaminhado ao conhecimento da direção da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Brasília, à Casa Civil, para a Secretaria de Estado de Planejamento e Administração e para a Câmara dos vereadores do município de Belém.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Tamanho da Fonte