Belém é indicada a sediar o X Fórum Social Pan-Amazônico

O décimo Fórum Social Pan-Amazônico busca articular povos e movimentos sociais
Foto/Divulgação: Portal Fospa

Nesta quinta-feira (25), será decidido qual cidade sediará o X Fórum Social Pan-Amazônico (Fospa). Belém (PA) é uma das capitais que será indicada para sediar o evento pelo conselho do Fospa, espaço de articulação dos povos e movimentos sociais da Pan-Amazônia.

O Deputado Bordalo, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA), é um dos 17 parlamentares paraenses que assinam a Carta pela Realização do X Fórum Social Pan-amazônico em Belém.

Em carta aberta, publicada em março (10) deste ano, o texto afirma que os povos amazônicos seguem uma luta secular contra as estruturas assimétricas e violentas de poder, como o racismo, o desmatamento, colonialismo, etc. que vem promovendo o fortalecimento de genocídios, etnocídios e ecocídios contra a comunidade amazônica.

Leia Mais: Deputado Bordalo cobra celeridade na vacinação de trabalhadores de farmácia

A carta pondera que o contexto político brasileiro é um forte fator para que o evento aconteça na Amazônia Brasileira. De acordo com a Carta, existe um desmonte dos órgãos de fiscalização e de defesa ambiental, que abrem caminhos para a expansão do latifúndio para a ameaça às terras e às culturas dos povos originários da Amazônia, isso gera consequências danosas para a natureza e para as pessoas que dela dependem.

O Fórum Pan-Amazônico é realizado a cada dois anos. Sua última edição foi em 2020, na cidade de Mocoa, na Colômbia, porém em formato virtual, por conta da pandemia do novo coronavírus. A cidade de Belém, caso escolhida, sediará pela terceira vez o evento,sendo anfitriã nas duas primeiras edições do Fospa, realizadas em 2002 e 2003.

O Fórum é formado por representantes dos nove países que fazem parte do evento social, entre eles, Brasil, Venezuela, Colômbia, Peru, Guiana Francesa/Caiena, Suriname, República Cooperativa da Guiana, Equador e Bolívia.

Acesse a carta na íntegra:

Texto: Thais Peniche- Estagiária na Assessoria de Comunicação Dep. Bordalo

Revisão: Lilian Campelo- Ascom Bordalo


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.