Territórios pela Paz inicia na Cabanagem nesta terça-feira, 11

Sem categoria
Reprodução / Celso Rodrigues – Diário do Pará

A Cabanagem será o primeiro bairro a receber o programa Territórios pela Paz, chamando de TerPaz. Lançando nesta segunda-feira (11) pelo Governo do Estado, em cerimônia no Teatro Margarida Schivasappa e que reuniu sociedade civil, representantes de instituições públicas, parlamentares e secretários, foi anunciado que o programa inicia nesta terça-feira, 12 de junho.

O governador Hélder Barbalho assinou o decreto de criação do programa, que visa diminuir a vulnerabilidade social por meio da articulação de ações conjuntas de políticas públicas de segurança e cidadania como forma de combater e enfrentar as dinâmicas da violência nos sete bairros da Grande Belém: Guamá, Jurunas, Terra Firme, Benguí e Cabanagem (Belém), Icuí (Ananindeua) e Nova União (Marituba), territórios com alta concentração de taxas de violência e baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Ricardo Balestreri, Secretário de Estado de Articulação da Cidadania (Seac), disse que “os territórios [bairros] foram abandonados por muito tempo pelo Estado”. Na sua última visita ao bairro do Guamá, relatou durante o evento, que ficou impressionado com a ausência de políticas públicas na vida da população, e afirmou que as ações sociais serão instaladas após a chegada da segurança nessas áreas.

“Nós vamos entrar com as 116 ações do governo, tão logo a chegada da segurança pública. Vamos começar a construir imediatamente sete grandes complexos para serviços e atendimento à comunidade e com grandes espaços de quadras esportivas para todos, mas especialmente  para a juventude”, destacou.

Lançamento do programa Territórios pela Paz / Ascom deputado Bordalo

O Guamá foi cenário de mais uma chacina em Belém, quando homens encapuzados e fortemente armados atiraram em 11 pessoas em um bar no dia 19 de maio. O caso ganhou repercussão nacional internacional. Joana Pantoja da Costa, presidenta da Associação dos Moradores do bairro do Guamá, assistiu a cerimônia de lançamento, e expõe que sua maior preocupação é com o jovem.

“O jovem hoje não tem opção no Guamá. Não tem uma praça, não tem uma escola de qualidade, não tem nada, então ele fica vulnerável e o que ele contra?  um barzinho. São meninos que têm 16, 17 18 anos e que não tem opção na vida”, afirma.

Para o professor e sociólogo Domingos Conceição, integrante do Movimento Afrodescendentes do Pará e da Sociedade Paraense de Direitos Humanos (SDDH), acredita que o projeto terá êxito se houver a participação da sociedade e, principalmente, investimentos na educação.

“As escolas, por exemplo, nessas áreas, tem que ser profundamente revitalizadas, isso dar uma educação de qualidade e de uma mobilização e motivação, tanto dos familiares, quanto dos próprios alunos. Por isso cito, como professor, a prioridade na educação. Ela tem que ser socializada com os setores de segurança, que a gente faz muito pouco. Se pensa no Brasil que inibir o crime é inibir com força repressiva e só isso não resolve muito”, argumenta.

O evento contava ainda com a abertura do I Seminário Interinstitucional dos Territórios pela Paz, na ocasião foram apresentados dados do relatório do grupo focal e se verificou que os bairros têm carência de serviços de saneamento, infraestrutura urbana, serviços de proteção social e espaços públicos que propiciem a convivência coletiva como áreas esportivas e culturais.

 

Nesse sentido o objetivo do TerPaz é fazer com que o Estado esteja presente nesses territórios. O governador Helder Barbalho pontuou que o programa terá uma ação conjunta das 27 secretarias e pontuou que somente com “a soma de iniciativas haverá transformação social, sendo possível com o envolvimento e participação ativa de diversos órgãos do Estado”.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.