Segurança Pública é tema de sessão especial na Alepa

Sem categoria

Segurança pública será tema de sessão especial a ser realizada na próxima segunda-feira (13) na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa). Convocada pela Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, presidida pelo deputado Carlos Bordalo (PT), o objetivo é que o Governo Estadual apresente o projeto Território pela Paz* e as estratégias que estão sendo adotadas para enfrentar a violência e a insegurança no estado.

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), informou, durante coletiva de imprensa na segunda-feira (06), que houve uma redução nos índices de criminalidade no mês de abril. Os casos de homicídio, por exemplo, caíram 38% comparados ao mesmo mês em 2018.

Histórico

Mas mesmo diante da redução o Pará apresenta um histórico de taxas de violência equivalentes a países mais violentos do mundo, como mostra o relatório Custos Econômicos da Criminalidade no Brasil, divulgado pela Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos, da Presidência da República em junho de 2018. As taxas de homicídio, por exemplo, na capital paraense se compara a de países como Jamaica, Venezuela e Honduras.

O período analisado pelo relatório é entre os anos de 1996 a 2015 e uma das conclusões é que o custo-benefício de distintas políticas públicas para área de segurança pública é substancial, ao redor de 4% do Produto Interno Bruto (PIB), contudo as implicações referentes ao retorno social do gasto público em segurança foram baixas.

No caso do Pará, o Estado empregou, em média, 4,1% do seu PIB no combate à violência. Valores que o coloca em níveis de custos econômicos investidos pelo Brasil e que corresponde a 4,38% do PIB nacional.

Outra pesquisa é o Atlas da Violência 2018 – Políticas Públicas e Retratos dos Municípios Brasileiros. Nesse estudo cinco cidades no Pará estão no ranking entre os 20 municípios com mais de 100 mil habitantes com as maiores taxas de homicídios: Altamira (91,9), Marabá (87,7) Ananindeua (84,6), Marituba (84,5) e Castanhal (78,4).

A Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor convidou para participar da sessão especial autoridades governamentais, representantes de instituições públicas, conselhos de segurança e sociedade civil.

Serviço 

Data: 13 de maio

Local: Auditório João Batista da Alepa – Rua do Aveiro, 130 – Praça Dom Pedro II, Bairro Cidade Velha

Horário: A partir de 9h

Atualização – 08/05/19 às 18:33 – Alteração nome do projeto Territórios de Pacificação para Território pela Paz 


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.