Comunidades de Surubim em Anapu sofrem com ramais e pontes sem manutenção

As crianças das comunidades precisam ir a pé para a escola, a caminhonete que leva os alunos não consegue transitar pelas estradas
Ilustração / site Repórter Parintins

Na época do inverno amazônico estradas, ramais e vicinais encontram sem condições de trafegabilidade, é o caso do Ramal dos Taxistas, região do Surubim e Vicinal Água Preta no município de Anapu (PA). Atendendo ao apelo das comunidades o deputado Bordalo protocolou moção nesta quarta-feira (04), em sessão da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), para que a Prefeitura do referido município realize reparos e manutenção nas estradas e pontes que dão acesso às comunidades da região.

Vicinal em Anapu sem condição de tráfego de veículos
Foto recebida por WhatsApp de morador local

O ramal dos taxistas tem em média 28 km de extensão de uma estrada intrafegável com várias pontes e baixões, sendo a única via de acesso à região do Surubim. Segundo relatos, a estrada não tem condições de trafegar, as crianças das comunidades necessitam ir a pé para as escolas, já que a caminhonete que leva cerca de 22 alunos não consegue transitar pelas estradas.

Na mesma área existe um travessão, chamado Água Preta, que dá acesso a vários ramais, porém também se encontra totalmente intrafegável, cheio de ladeiras em péssimas condições e somente carros traçados conseguem subi-lo.

A população do ramal dos taxistas e da região do Surubim estão inseridas em áreas em que os estudos econômicos não justificam a construção de estradas pavimentadas, criam-se então estradas vicinais, ou seja, estradas não pavimentadas caracterizadas por ter baixo fluxo de veículos. Esse tipo de via de pouca vida útil é predominante em todo o Brasil e normalmente são formadas por uma camada superficial do próprio solo local misturado com agregados ou material ligante.

Leia mais: Bordalo solicita construção de ponte do Igarapé Mata-Fome no Pratinha 2

Anapu e Altamira têm apresentado maior crescimento desde 2002, segundo dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). De 2003 a 2006, Altamira e Anapu apresentam os valores mais próximos ao PIB do Estado do Pará. O que já seria suficiente para que houvesse também o melhoramento de suas estradas, pontes e ramais.

Os moradores denunciam que as estradas estão completamente abandonadas, tomadas por buracos, poças de água, lama e sem sinalização, prejudicando todos que vivem na região e que precisam trafegar pelo local.

O deputado Bordalo ressalta que “a pavimentação asfáltica desta rodovia beneficiará o desenvolvimento social e econômico, o transporte de cargas, o escoamento de produções agrícolas e a trafegabilidade de pessoas das comunidades que utilizam esta via”.

A solicitação do parlamentar, que preside a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa, será comunicada por ofício à Prefeitura Municipal de Anapu e à Secretaria Municipal de Obras Viação e Infraestrutura do município, também levada ao conhecimento para a Câmara de Vereadores, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Pará (FETAGRI) e a Associação Comercial e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rural de Anapu.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Tamanho da Fonte