ÁGUA

Bordalo solicita qualidade no abastecimento de água na comunidade Riacho Doce em Belém

A comunidade está há pelo menos um mês sem receber água de qualidade no local, e reclama que água que chega às torneiras está imprópria para uso

O deputado Bordalo (PT) apresentou nesta terça-feira (29), durante sessão ordinária, na Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA) uma moção que solicita ao Governo do Estado, em caráter de urgência, medidas para solucionar os problemas com a qualidade da água fornecida aos moradores da comunidade Riacho Doce no bairro do Guamá em Belém.

A moção foi encaminhada por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (SEDOP) para que sejam tomadas as devidas providências. A comunidade Riacho do Doce está há pelo menos um mês recebendo nas torneiras água imprópria para uso. A comunidade destaca que o abastecimento de água do residencial não é feito pela Companhia de Saneamento Básico do Pará (COSANPA).

Bordalo tomou conhecimento da situação após receber em seu gabinete denúncias das famílias que residem no Conjunto Residencial Riacho Doce 2. De acordo com os relatos a água que chega nas torneiras com coloração amarelada e com mal cheiro, o que preocupa os consumidores por não terem conhecimento da procedência e nem conhecerem os motivos dos problemas.

Bordalo destaca prejuízos na comunidade

De modo que, devido a qualidade duvidosa, os moradores não estão utilizando a água para consumo, o que direcionou eles a ter altos custos com água mineral. A comunidade Riacho Doce é uma ocupação urbana, constituída por famílias que há anos lutam pela habitação digna e de qualidade. 

O Ranking do Saneamento Básico de 2022 publicado pelo Instituto Trata Brasil mostra que pelo menos três cidades do Pará apresentam um péssimo abastecimento de água. Em terceiro lugar aparece Santarém, em quinto está Belém e em sexto registra Ananindeua. Segundo o relatório, na amostra do índice de abastecimento urbano de água, dos 100 municípios analisados, praticamente metade (49) possui 100% de atendimento, entretanto no Pará, Ananindeua foi o município com menor percentual de atendimento urbano de água com 33,90%.

A moção foi encaminhada ao conhecimento do do gabinete do Governador do Estado, da COSANPA,  da Prefeitura Municipal de Belém, da Câmara Municipal desse município e do Ministério Público Estadual. 


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.