Deputado Bordalo cobra inclusão de bancários na prioridade para vacinação

A categoria tem sofrido com os aumentos de aglomeração nas agências bancárias do Estado
Foto/Divulgação: Portal G1/Prefeitura de Mongaguá

Medo e preocupação com a contaminação pela COVID-19 são algumas das aflições dos trabalhadores de bancos no Pará. O Deputado Bordalo, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa, protocolará nesta terça-feira (22) na Casa Legislativa moção solicitando a inclusão de bancários como uma das categorias prioritárias na vacinação contra a COVID-19.

O parlamentar encaminha a moção que pede em caráter de urgência que a categoria de bancários seja prioritária na imunização, devido a alta exposição que estes trabalhadores têm se submetido desde o início da pandemia para manter em atividade um setor estratégico para a economia do país. A solicitação foi feita pelo Sindicato dos Bancários do Estado do Pará.

Leia Mais: Policlínica Itinerante em Bujaru é solicitada pelo deputado Bordalo

O aumento das aglomerações que as agências bancárias têm apresentado estabelece um fator de risco para estes trabalhadores e para a população que recebe atendimento destes.

Moção do Deputado Bordalo que solicita priorização de Bancários na vacinação

Diariamente a categoria precisa realizar atendimentos para quem precisa de serviços internos do banco, assim como as pessoas que buscam receber os pagamentos emergenciais. 

Mesmo com a estratégia de calendários, atendimentos exclusivos para grupos de risco e extensão do horário de funcionamento desses estabelecimentos, ainda há a ocorrência de filas, aglomerações e uma ampla circulação de pessoas nas agências bancárias, que são espaços fechados e com pouca circulação de ar fresco.

O contato com um grande número de pessoas expõe os trabalhadores ao contágio e consequentemente os torna propagadores involuntários do vírus devido às condições de trabalho. Alguns profissionais do setor atendem quantidades recordes de público, de segunda a sábado trabalhando presencialmente indo também ao limite do stress e adoecimento físico e mental.

O Pará ainda encontra-se num agravamento dos casos de infecção por coronavírus e numa iminente ameaça de colapso nas redes de saúde. Dados da Secretaria de Saúde do Estado do Pará ainda registram altos números de infectados com 397.829 casos, a Região Metropolitana de Belém recebeu lockdown na segunda-feira (16)  para conter o avanço do vírus.

Bordalo encaminhou Oficio n° 0037/2021, nesta segunda-feira (22) diretamente do gabinete do parlamentar, para a Casa Civil, Gabinete do Prefeito de Belém, Secretaria Municipal de Saúde, Câmara dos Vereadores de Belém e Região metropolitana, Ministério da Saúde (Pará e Brasília); Deputados Estaduais, Federais e Senadores do Estado do Pará, Ministério Público Estadual e Federal e do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, além do Sindicato dos Bancários do Estado do Pará, comunicando a solicitação.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.