TJE assumiu, em nota, discurso partidário

Sem categoria

Lamentável a nota do Tribunal de Justiça do Estado (leia as duas notas abaixo) em resposta a do PT, porque é política do início ao fim, principalmente nos seguintes trechos:

“O Poder Judiciário não deve explicações a quem não merece respeito, porque não respeita as instituições democráticas, as decisões que delas emanam, não respeita a nada nem a ninguém(…)Os esperneios são naturais dos que não têm direitos a reclamar, porque ignoram e atacam todos os direitos e constituem o úlltimo recurso dos que se imaginam acima das Leis, aplicando seus métodos antidemocráticos para a obtenção de seus inconfessáveis interesses”.

Se fosse trocada a assinatura do TJE pela do PSDB ou pela FAEPA, ninguém notaria a diferença.

As associações empresariais também preparam nota em desagravo aos desembargadores, mas a polêmica não é com eles, é com o latifúndio improdutivo, grilado, praticante do trabalho escravo e empregador de jagunços. Os empresários deveriam se preocupar com o desenvolvimento do Pará, isso sim! O que passa pela reforma dessa estrutura fundiária insegura para investimentos e de poucos resultados econômicos que representem justiça social e ambiental.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. FELIPE ERICEIRA CONVIDOU VOCÊ PARA CONFERIR O BLOG DO VEREADOR ELIEL FAUSTINO, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ANANINDEUA.
    ACHO QUE VOCÊ VAI SE INTERESSAR POR ELE TAMBÉM. PARA CONFERIR, USE O LINK ABAIXO: http://elielfaustino.blogspot.com

    Permalink
  2. Partidário e TUCANO.
    Bando de juiz fazendeiro.

    Permalink
  3. Muito bem colocado deputado. Esses desembargadores acham que aqui ainda é terra sem lei, onde gente rica com crucifixo de ouro manda e desmanda. Acabou velhacos! Agora é o Governo Popular.

    Permalink
  4. Quantos desses juízes tem terras griladas? Depois é o PT que não respeita a lei.

    Permalink
  5. kkkkkkk
    "Se fosse trocada a assinatura do TJE pela do PSDB ou pela FAEPA, ninguém notaria a diferença". Essa foi ótima, Deputado.
    Infelizmente o Judiciário se comporta como se vivessem em outro país e não fazem a adequação da lei à realidade das coisas.
    Círia

    Permalink

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.