Para prevenção ao coronavírus Bordalo pede suspensão de sessões na Alepa

Na tribuna o parlamentar enfatizou preocupação e sugeriu medidas de enfrentamento ao Covid-19
Foto: Lucas Freitas

O deputado Bordalo solicitou ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), deputado Dr. Daniel Santos. Que sejam suspensas as atividades que contenham aglomerações de pessoas no legislativo. A medida prevê que sessões ordinárias, extraordinárias e solenes, audiências públicas sejam suspensas. A medida busca prevenir e conter casos de coronavírus até o momento que a crise seja sanada.

O parlamentar se pronunciou na tribuna em sessão ordinária realizada nesta terça-feira (17) no auditório João Batista e parabenizou o governador Hélder Barbalho pelo decreto que estabelece um conjunto de medidas de enfrentamento contra o novo coronavírus (Covid-19).

Leia mais: Desinfecção de transporte coletivo é alvo de PL para combater coronavírus

O Pará tem 25 casos suspeitos que estão sendo analisados, segundo o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). No total foram notificados 51 casos suspeitos de Covid-19, dos quais 26 foram descartados. Não foram confirmados nenhum caso, até então.

O deputado usou o pequeno expediente e horário de lideranças para destacar sua preocupação quanto ao tema e teceu duras críticas ao governo federal. “Primeiro o Brasil negou o coronavírus. O Presidente e os seus Ministros não prepararam o país para se defender. A Itália, que não se preparou, apresenta maior número de casos do Covid-19, com um o sistema de saúde estressado os médicos italianos precisam decidir quem vive e quem morre”, exemplificou.

NEGLIGÊNCIA

Bordalo condenou a atitude do presidente Bolsonaro ao ignorar a recomendação de isolamento por ter tido contato com infectados com coronavírus e cumprimentar manifestantes no último domingo (16), também enfatizou que o parlamento precisa tomar medidas de prevenção. “Devemos prevenir o máximo que pudermos. O nosso estado é ainda o menos afetado, não temos registros de pessoas infectadas, mas é importante estabelecer as barreiras sanitárias. Achei um absurdo ser autorizado o desembarque de estrangeiros para visitação em Icoaraci”, pontuou.

Diante do quadro da disseminação do vírus pelo mundo, Bordalo, que preside a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa, lembrou o quanto seria importante a presença e apoio dos médicos cubanos nesse momento de crise. Ele ainda reforçou a importância do Sistema Único de Saúde (SUS) e sugeriu o lançamento de uma campanha de valorização de apoio aos profissionais da área.

Assista ao pronunciamento do deputado Bordalo no horário de lideranças:


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.