NOTA – Presidente da CDHDC-ALEPA em apoio ao Movimento dos Atingidos por Barragens no Pará

Meio Ambiente

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (CDHDC-ALEPA), deputado estadual Bordalo (PT), manifesta apoio ao Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB-PA) no enfrentamento de processo judicial que o caracteriza como quadrilha ao realizar ato de manifestação que ocorreu na barragem de Tucuruí, em 2007.

O MAB é um importante movimento social que tem como base a defesa dos atingidos e atingidas por barragens no Pará e nasceu devido as violações de direitos que grandes empreendimentos causam na vida das pessoas, em um processo de desterritorialização do seu espaço social sem garantias de reparação e que ainda hoje muitas ainda lutam por seus direitos, como é o caso da hidrelétrica de Tucuruí, que deslocou de suas moradias cerca de 32 mil pessoas e que há mais de 30 anos lutam para garantir seus direitos.

O presidente da CDHDC vê com preocupação tal processo, pois expõe mais uma vez que a livre manifestação, no embate de disputas de narrativas, tem sido enquadrada como ato criminoso, desviando um dos princípios mais caros de nossa constituição.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.