Medidas para conter o desmatamento na Amazônia Paraense é pauta de sessão especial na ALEPA

Sem categoria

O Pará é um dos estados que mais concentrou número de queimadas na Amazônia brasileira. Para discutir sobre o avanço do desmatamento ilegal no Estado, suas causas, consequências e, especialmente, medidas urgentes para conter o crescimento na taxa de devastação o deputado Bordalo (PT-PA), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, realizará nesta quinta-feira (12) sessão especial no auditório João Batista, sede da Assembleia Legislativa do Estado (ALEPA), a partir de 14h, com participação da sociedade civil e representantes do governo estadual.

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) somente no mês de agosto as queimadas abrangeram uma área de 29.944 quilômetros quadrados do bioma amazônico, o que equivale a 4,2 milhões de campos de futebol. As áreas queimadas este ano são quatro vezes maior do que o registrado no mesmo período de 2018.

Entre os municípios com maior concentração de desmatamento causado por focos de queimadas ganhou destaque Altamira e Novo Progresso, este mobilizado por fazendeiros locais em ato denominado como Dia do Fogo.

Um dos agravantes ao aumento do desmatamento na Amazônia Legal se deve ao esfacelamento de políticas ambientais como o enfraquecimento do Ministério do Meio Ambiente e esvaziamento político da pasta no que tange à proteção dos biomas brasileiros; freio nas fiscalizações realizadas pelos órgãos de proteção ambiental; anúncio do governo para revisão de todas as unidades de conservação e fim de incentivos a projetos socioambientais de preservação e reflorestamento apoiados pelo Fundo Amazônia.

A Amazônia abrigar a maior floresta tropical do mundo, concentra uma enorme diversidade cultural e étnica com costumes, línguas e saberes de povos tradicionais, quilombolas e indígenas e ainda é responsável pela produção de massas de ar carregadas de vapor de água, chamado de rios voadores, responsável por levar umidade da bacia Amazônia para o Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil. Os rios voadores também influenciam nas chuvas de países como Bolívia, Paraguai, Argentina, Uruguaia e extremo sul do Chile.

Para a sessão confirmaram a participação o Movimento de Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST-PA), Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Pará (FETAGRI-PA), Delegacia Do Meio Ambiente (DEMA), Ministério Público do Estado (MP-PA), Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Foram convidados: Instituto de Terras do Pará (ITERPA),  Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (IMAZON) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

SERVIÇO: Sessão Especial: Desmatamento no Pará – Quinta-feira (12) no auditório João Batista – sede da ALEPA, a partir de 14h.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.