Abastecimento de água em Breves debatido em reunião

Sem categoria
A população de Breves convive há anos com um péssimo serviço de abastecimento de água. Praticamente não há água potável na cidade. Para cobrar uma solução para este sério problema e chamar a atenção das instituições e autoridades competentes, o Movimento pelo Direito ao Uso da Água (MDUA) provocou a Comissão de Direitos Humanos da Alepa.
O último levantamento do Ministério da Cidade, revelou que somente 26,74% da população total do município de Breves tem acesso aos serviços de abastecimento de água potável, enquanto que a média nacional é de 79,54%.
Nossa primeira providência foi convocar os órgãos competentes para uma reunião de trabalho, para esclarecimentos. O presidente da Cosanpa, órgão responsável pelas obras, Luciano Dias, esteve presente na reunião para dar esclarecimentos sobre as obras do PAC I e II, no município, relacionadas a abastecimento de água que, segundo o MDUA, estariam paralisadas e com os cronogramas atrasados.
O presidente da Cosanpa admitiu o atraso por problemas contratuais, mas afirmou que as obras não estão paradas e com 23% concluídas. Luciano Dias garantiu na reunião que serão concluídas entre os meses de maio e julho. O presidente da Cosanpa estava na companhia dos diretores Fernando Martins e Antônio Cristomo.
A Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda, SEASTER, também foi representada na reunião por Honorato Cosenza e Araguaci Alves. Eles anunciaram a implantação de sistemas comunitários em 13 bairros de Breves, de forma provisória, como já vem ocorrendo em outros municípios do Marajó. A previsão, segundo Honorato Cosenza, para Breves, só chegará no mês de junho.

Denis Ribeiro, da Sedop, e o líder do MDUA, Zairo Gomes da Costa, também estavam na reunião, considerada produtiva e esclarecedora. A Comissão de Direitos Humanos vai acompanhar, fiscalizar e cobrar efetivamente a conclusão das obras, que vai beneficiar centenas de famílias. Água é um direito de todos, é qualidade de vida.

Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.