Parabéns aos professores no seu Dia!

Em nome da Profª. Rosa Fares, coordenadora Geral do SINPRO e do Prof. Augustao do SINTEP minhas homenagens aos professores no seu Dia.

Em seu blog, Zé Dirceu escreve excelente artigo em que mostra como se pode fazer uma bela e justa homenagem aos professores:

Os professores merecem uma mobilização do Congresso e dos governadores em seu favor

Hoje é dia dos professores. A melhor homenagem que todos podemos fazer a eles e a elas é pagando o piso nacional, hoje de R$ 1.451. Pelo menos isso (o ideal seria o dobro). Sem ações diretas de inconstitucionalidade (ADINs) e sem necessidade de greves que duram meses. 

Há uma ADIN no Supremo contra a forma de reajuste do piso que consta da Lei 11.738, a Lei do Piso. Os governadores de cinco Estados são os patrocinadores dessa ação no STF contra o piso dos profissionais da educação.

Se os Estados não têm recursos para cumprir suas obrigações, o Congresso Nacional, com a colaboração dos governadores – que têm poder para tanto –, deve e pode fazer uma reforma tributária. 

Uma reforma que inclua repactuar as dívidas dos Estados com a União, definir os novos critérios sobre os royalties do petróleo, autorizar o uso dos precatórios para pagamento de impostos e outras dívidas, vinculando todo aumento de receita aos investimentos e gastos com educação, saúde, saneamento, habitação popular e transporte público. 

É de uma saída assim que os professores, a Educação e o Brasil precisam. Uma saída que está ao alcance do Brasil e uma verdadeira homenagem aos professores e a suas lutas, em defesa da educação pública e gratuita, de qualidade e participativa.

O professor, a educação e o país
Está cada vez mais claro ao país a importância que a educação tem para superarmos os atrasos. Hoje, por exemplo, o Estadão e O Globo publicam um caderno especial com o título ‘Desafios Brasileiros’. Lá vocês vão encontrar, na primeira matéria do caderno (clique aquipara ler), que “o grande desafio [na área da educação] é aumentar a qualidade do ensino, principalmente do ensino fundamental”.

Pois quando escrevemos sobre a importância de se pagar ‘ao menos o piso do professor’ é exatamente disso que estamos tratando. Todos nós sabemos que é preciso cuidar de muitos outros aspectos para termos uma educação de qualidade, assim como para termos um país desenvolvido e uma sociedade em que todos vivam com dignidade. Há muito para se fazer em todos os campos. Mas não há como não concordar que a remuneração adequada do professor é o básico do básico.

A ADIN, o piso e a posição da CNTE
Quanto à questão da ADIN contra o piso, clique aqui para ler o boletim especial da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE) com uma proposta alternativa para manter os reajustes em níveis que permitam chegar a um piso digno para os professores, com reajustes acima do INPC. 


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.