Mais bolsas, mais trabalho para os jovens

Blog do Bordalo Jovem BT

Apesar de certa torcida e movimentos orquestrados contra, a governadora Ana Júlia cumpriu sua promessa de manter a ampliar os investimentos na juventude e mais sete mil jovens serão beneficiados pelo Bolsa Trabalho, recebendo o cartão do programa nesta quinta-feira, às 10 horas, no Hangar.
Atualmente, 54 mil jovens já receberam o Bolsa e mais de 12 mil jovens entre 18 e 29 anos – faixa etária do programa – foram contratados no primeiro semestre de 2009, contribuindo para o crescimento do emprego formal em 2008, segundo o Dieese. 15.230 capacitados pelo Bolsa já trabalham com carteira assinada. Números que aumentam se considerarmos os que foram trabalhar como prestadores de serviços autônomos ou em cooperativas e associações estimuladas pelo programa. Estas são viabilizadas pelo CredPará.

O Bolsa Trabalho alcança 61 municípios e todas as regiões de integração do Pará e eu só posso dar meus parabéns à companheira Ana Júlia e à minha amiga e parceira de sonhos e lutas, Ivanise Gasparim.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. PUTY INIMIGO DA JUVENTUDE:

    Estudantes acampam debaixo das janelas de secretário
    O chefe da Casa Civil do governo do Estado, Cláudio Puty (na foto), varou esta madrugada tendo debaixo de suas janelas, literalmente, cerca de 40 estudantes que integram à União dos Estudantes Secundaristas.
    Até há pouco, por volta de 1h da madrugada desta quarta-feira, eles se encontravam acampados em frente ao prédio onde reside o secretário, no bairro do Umarizal, e prometiam ficar por lá até hoje de manhã. Ou por outra: prometiam sair de lá apenas quando falassem com o secretário. Tudo indica que não conseguiriam. Ficaram de dormir na rua, portanto.
    Logo depois da meia-noite, policiais militares foram chamados. Inicialmente, apareceram por lá três ou quatro. Mas os PMs chegaram avisando logo aos estudantes: se houvesse onda e se fosse necessário, chegariam mais reforços.
    Os estudantes estavam revoltados, mas se mantinham pacificamente postados em frente ao prédio onde reside Puty, que também é pré-candidato a deputado federal da DS (Democracia Socialista) – tendência petista que tem na governadora Ana Júlia como sua mais notória integrante no Pará.

    Meia volta volver
    A coordenadora do grupo, Carla Catiara, falou com o repórter. Ela contou que a frustração dos estudantes começou quando estavam dentro de um ônibus cedido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a caminho de Belo Horizonte (MG), onde participariam, nesta quinta-feira (10), do 38º Congresso da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas.
    Quando o ônibus com os cerca de 40 estudantes estava próximo à barreira, em Benevides, o motorista recebeu a determinação para retornar a Belém. A ordem, segundo Carla Catiara informou ao blog, teve como origem o chefe da Casa Civil.
    “Isso é um desrespeito a todos nós. Houve pais que foram deixar seus filhos no ônibus. Fomos democraticamente eleitos para integrar esta delegação que iria a Belo Horizonte discutir nossos problemas. Nós não pudemos prosseguir a viagem. Mas um outro ônibus, que levava o pessoal do PT, já está na estrada, a caminho de Belo Horizonte”, disse Carla.
    Ela não sabe ao certo qual o motivo que levou o secretário a impedir que o ônibus em que estava os estudantes retornasse a Belém. Mas suspeita que a motivação seja de ordem política. “Nós fazemos oposição à Ubes, que é controlada pelo PCdoB. Só pode ser isso”, disse Carla.
    Era justamente para esclarecer os motivos que levaram o chefe da Casa Civil a mandar o ônibus voltar que os estudantes foram até o prédio onde ele reside, para tentar falar com Puty e pedir que ele viabilizasse a viagem de todos até Belo Horizonte.
    Tentaram falar, mas não conseguiram.
    Nem os estudantes, nem o repórter, que tentou por duas vezes falar com o secretário por telefone. Foram duas ligações infrutíferas. A primeira, por volta das 23h40. A segunda, exatamente aos 42 minutos desta madrugada.
    Puty já devia estar dormindo.
    Com os estudantes debaixo de suas janelas.
    E dispostos a dormir com o secretário.
    Ou melhor: embaixo do prédio dele.
    Postado por Poster às 12/09/2009 02:40:00 AM 2 comentários

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.