João Freitas, morto por dois homens brancos no Carrefour de Porto Alegre

No dia da Consciência Negra, a morte de Leila Arruda e João Freitas, chocam e transparecem o racismo estrutural no país

O Deputado Bordalo (PT-PA) manifesta repúdio ao assassinato de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos,  espancado e morto por dois homens brancos em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite de quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra, celebrado nesta sexta-feira (20).

As cenas de espancamento foram gravadas e ocorreu em uma unidade do supermercado Carrefour e exibem imagens de um ato brutal. De acordo com o Atlas da Violência 2020, os casos de homicídio de pessoas negras (pretas e pardas) aumentaram em 11,5%, de 2008 a 2018, enquanto a de não negros caiu 12%. Um dado que apenas reforça e deixa transparecer o racismo estrutural que ainda perdura no país. 

Ainda segundo a pesquisa, ao todo, os negros somam 75,9% dos brasileiros assassinados no período analisado. Mortes de mulheres e jovens lideram os casos. 

Em 2018, os homicídios foram a principal causa das mortes da juventude masculina negra, representando 55,6%. No mesmo ano 4.519 mulheres foram mortas no Brasil, o que significa que uma mulher é morta a cada duas horas no país. 

Ainda ontem o parlamentar tomou conhecimento do bárbaro assassinado de Leila Arruda, 49 anos, filiada ao Partido dos Trabalhadores e que concorreu ao pleito na eleição municipal de Curralinho à Prefeitura. Leila era uma mulher negra, marajoara e foi vítima de feminicídio pelo ex-marido, Boaventura Dias, conhecido como “Boa”, que não aceitava a separação, ocorrida há três anos. Leila foi brutalmente assassinada a pauladas e facadas na porta de casa. 

No dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o Deputado Bordalo expressa indignação aos dois casos de violência e se solidariza neste momento de dor às famílias de Leila Arruda, companheira de lutas do parlamentar, e de João Freitas. 


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Tamanho da Fonte