Deputado Bordalo convida Governo e sociedade civil para debater segurança de barragens no Pará

 

Foto: Barragens da Mineração Rio do Norte – abril de 2016 / Carlos Penteado/CPI-SP


Para discutir sobre o sistema de segurança e
fiscalização das
barragens para contenção de rejeitos minerais, industriais,
e as de usos múltiplos existentes no Estado do Pará será realizada nesta quinta-feira, 14, uma
sessão especial no
auditório João Batista, na
Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), a
partir das 9 horas.

Foram
convidados para participar autoridades do Governo, representantes de
instituições públicas e sociedade civil. A reunião foi solicitada pelo
Deputado Estadual Carlos
Bordalo (PT), Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor
da Alepa. 

Com os últimos crimes ambientais ocorridos em
Brumadinho e Mariana, ambos em Minas Gerais, a segurança de barragens tem sido preocupação
da sociedade e, mais ainda, exige
necessidade de aperfeiçoar a
política do setor e a legislação. 

A legislação brasileira que trata da
segurança de barragens e do licenciamento ambiental de projetos de mineração
avançou nos últimos anos, entretanto, a pouca fiscalização e a lentidão da
Justiça ocasiona a impunidade dos casos e em danos irreversíveis aos afetados. 

Segurança
No
Estado do Pará, de acordo com a Agência Nacional de Mineração, existem 98
barragens, sendo que 64 estão incluídas no Plano Nacional de Segurança de
Barragens e outras 34 estão cadastradas, mas segundo a Secretaria de Estado de
Meio Ambiente e Sustentabilidade-SEMAS não estão classificadas como de alto
dano potencial.
Ressalta-se que não se
trata somente de barragens de rejeitos minerais, mas também barragens
hidrográficas, utilizadas para lavouras, hidrelétricas e para geração de
energia.

A Política Nacional de Segurança de Barragens
(PNSB), estabelecida pela Lei nº 12.334/2010, tem o objetivo de garantir que
padrões de segurança de barragens sejam seguidos. A responsabilidade em manter
esse padrão é do empreendedor, seja ele agente privado ou governamental.  

Um dos instrumentos da PNSB é o Plano Nacional
de Segurança de Barragem e deve ser, obrigatoriamente, implantado pelo empreendedor
e o objetivo do Plano é auxiliá-lo na segurança da barragem.

A sessão especial visa estabelecer um debate
com os órgãos competentes, empresas e sociedade civil sobre
regras para o licenciamento ambiental, sistema de
segurança e a fiscalização de barragens no Estado do Pará bem como a
necessidade de aperfeiçoar as políticas públicas na área e a legislação.

SERVIÇO


Data: 14 de Março
Horário: 9hs
Local: Alepa – Praça Dom Pedro II, 2 – Cidade
Velha – Auditório João Batista

Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.