2010: cenários indefinidos

Blog do Bordalo caminho de pincel
Li no blog do Espaço Aberto, análise da professora e pré-candidata a deputada estadual Edilza Fontes sobre as consequências da votação do orçamento da Prefeitura de Belém nas alianças para as eleições deste ano. Ei-las:

“1. Se houver a aprovação do orçamento sem a votação favorável dos vereadores que compõem a bancada do PT na Câmara, acho muito difícil que PTB/PR venham a compor a reeleição da governadora; seria a segunda derrota de Duciomar na Câmara e que teria como atores principais os vereadores do PT; 2. Se a bancada do PMDB votar a favor da aprovação, sem a incorporação dos 20,84%, referentes a perdas salariais do funcionalismo municipal (motivo da crise), teríamos uma aliança praticamente declarada entre o PMDB e o bloco do prefeito; 3. Se o PMDB votar contra o prefeito, teríamos configurado o isolamento político, pelo menos do ponto de vista de aliados para 2010, e aí PTB/PR entrariam fragilizados para as negociações de composição de chapa para as eleições 2010.”

Pondero todas.
Um apoio do PMDB ao prefeito não indica declaração de aliança, mas uma sinalização de força ao PT e à governadora, antes de qualquer coisa. Dcuiomar tem atacado o PMDB (e vice-versa) diariamente, através de O Liberal e do Diário, respectivamente. Uma composição entre ambos não é, portanto simples, porque há uma base social e política a ser distensionada para um acordo assim. Portanto, esse acordo quanto ao orçamento envolvendo o PMDB e o bloco PTB/PR, indicaria apenas um início de conversa, de possibilidade de relação política.
Continuo afirmando aqui que o objetivo de Jáder é se eleger senador, numa chapa segura e o melhor caminho para isso é compor com o PT, pois juntos, seria uma canalização única do potencial eleitoral de Lula e Dilma. O PMDB não tem como objetivo imediato o governo, mas uma poderosa bancada legislativa, local e nacional, para melhor ocupar espaços políticos.
O voto da bancada do PT também não implica em inviabilização de aliança com o PT, pois, se acertado com o PMDB, o que fariam PTB e PR? Duciomar seria o candidato de José Serra contra o presidente Lula no estado?
Se PMDB e PT votarem contra o orçamento aida restaria a Duciomar disputar uma vaga ao Senado ao lado de Flexa Ribeiro e Jatene, ainda que com míseras prefeituras e sem controle de sua própria base.
Ainda há muito tempo para as coisas serem fechadas e as definições ainda estão muito distantes, mas o PT tem que trabalhar no rumo certo, apontado pela governadora: construir uma ampla aliança, isolando o PSDB e DEM e garantindo a continuidade do nosso governo.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. Como diria o Leonardo Boff, tudo é a vista de um ponto.
    Realmente os cenários estão em aberto e erra quem tem pressa em prever o futuro. Essa pressa é coisa de quem teme o desfecho de 2010 ou torce contra alguma coisa que não ousa confessar.

    Permalink
  2. Qual o interesse em querer forçar, com textos, posts e artigos, essa "terceira via" Jáder-Dudu?

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.