Audiência discute transporte público intermunicipal em Santa Izabel

Sem categoria
Usuários do transporte público intermunicipal de Santa Izabel, empresários do setor, Agência de Regulação e Controle de Serviço Público – Arcon/PA, Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/Secção local e Ministério Público Estadual se reúnem nesta sexta-feira, 06.06, às 9h, na Câmara municipal com a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará para discutirem melhorias no transporte público da cidade.

De acordo com os usuários, mesmo com recomendações feitas em abril deste ano pelo Ministério Público Estadual, por meio das promotoras de justiça Vyllya Costa Barra Sereni e Mônica Cristina Gonçalves Melo da Rocha, para melhoria nos transportes públicos da cidade, as empresas de ônibus Bonsucesso e Modelo estariam desrespeitando o acordo. Além disso, passageiros reclamam da falta de fiscalizações nos coletivos por parte da Arcon.

No documento, as empresas de ônibus se comprometem perante ao Ministério Público a fazerem alterações do trajeto e horário de linhas de ônibus, com vista a segurança dos passageiros, a respeitar a gratuidade do idoso, a afixar as tabelas de tarifas previstas pela agência reguladora e a aceitar o interpasse coletivo da Arcon ou cartão justo, documento de fidelidade disponibilizado pela própria empresa aos estudantes. Porém, segundo os usuários, algumas das recomendações não estariam sendo cumpridas. Estudantes reclamam, por exemplo, que a empresa Modelo, que faz o transporte intermunicipal de Castanhal até Belém não estaria aceitando o Interpasse da Arcon para os alunos que embarcam na BR 316, no perímetro urbano de Santa Izabel, sendo cobrado o valor de R$6,00.

Para o deputado Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa, a falta de respeito com os usuários do transporte intermunicipal e um maior poder de fiscalização da Arcon prejudica à população mais carente, sobretudo os estudantes, que acabam tendo o seu direito à educação cerceado, já que eles têm dificuldades de chegar até Belém para estudar, por conta da questão econômica.
“Durante a audiência vamos discutir soluções urgentes e o imediato cumprimento daquilo que foi acordado em abril deste ano entre o Ministério Público e as empresas de ônibus. A população merece respeito e transporte público de qualidade, e não é isso que estamos observando em Santa Izabel”, reforçou Bordalo.

Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.