“Que história é essa de nacionalista ser xingamento?”


“Sabemos que quem não tem projeto vai achar tudo eleitoreiro”.

Foi o que disse nossa pré-candidata à presidência da República em 2010 sobre as críticas tucanas ao governo do presidente Lula. Agora nos “acusam” de sermos nacionalistas e de termos introduzido a intervenção na economia.

Aceitamos a crítica, como também disse a ministra Dilma. Nossos adversários prefeririam ter vendido a Petrobrás e não termos descoberto o Pré-Sal (ou ele ter caído nas mãos dos consórcios estrangeiros), ter vendido a Caixa e o Banco do Brasil e termos virado pó nessa crise; defender a compra de artigos militares dos Estados Unidos, mesmo sem transferência de tecnologia e contratar serviços de empresas multinacionais concorrentes da Petrobrás para tentar prejudicá-la na CPI (esta sim) eleitoreira contra a nossa estatal.

Não, caros tucanos. Nós vamos é enviar a Consolidação das Leis Sociais, incluindo as conferências setoriais e temáticas, para o Congresso. E, para quem sabe ler pesquisas de opinião (clique para ler opinião do Francisco Cavalcante, o Chiquinho da Vanguarda) levaremos, por isso, em 2010.

Acessem a entrevista da ministra Dilma Rousseff publicada neste domingo no Folhão.

Mas, é necessário perguntar: Como não ser nacionalista quando um governo, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas publicada ontem, tira 20 milhões da linha da pobreza em cinco anos?


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. É igual aqui, quando sos senadores tucanos paraenses vão com a Kátia Latifúndio Abreu pedir intervenção no Pará e torcem pra Manaus contra Belém pela Copa 2014.

    Permalink
  2. Realmente esa tcanalhada como diz Chico Buarque, não gosta do Brasil, nunca gostou. Sempre flertaram com o espírito do vira-lata. Olha o Serra e o FHC que se derramam pela França e EUA. São uns pela sacos. Deus que me livre desa gentalha. O FH até o pai e o avô, baluartes da luta do Petróleo É Nosso, traiu.
    Estão todos a caminho de mais uma visita ao inferno e inverno eleitoral.

    Permalink

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.