O verdadeiro cenário aberto por Domingos Juvenil

Blog do Bordalo domingosjuvenil03
Pelo que tenho lido nos jornais e nos blogs, a candidatura do presidente da ALEPA, Domingos Juvenil, do PMDB, ao governo do estado, está sendo tida e havida como um grande enigma.

Não que política seja coisa simples – não é e não poderia pela sua natureza – mas creio que não existem tantas coisas assim entre o céu e a terra. Vejamos:

1 – O deputado Juvenil apoia Dilma e, no Pará, sua candidatura está dentro da tática “marchar separados e golpear juntos” (há várias maneiras de uma aliança se expressar). No caso, no segundo turno, a candidatura do PSDB. Os tucanos estão fora do arco de aliados dos peemebistas do Pará, que são lulistas desde de sempre e parceiros de primeira hora da candidata do presidente.

2 – Quem vai para o segundo turno? Pelo menos, segundo a pesquisa divulgada na Folha de São Paulo, está claro que a governadora está garantida, pois é líder nas pesquisas e sua rejeição despencou, conforme dizia aqui no blog que iria acontecer quando a popuação começasse a conhecer o governo com “nomes e números” de obras e a concepção destas.

3 – A candidatura do deputado Juvenil não concorre com a da governadora Ana Júlia e sim com a do ex-governador Simão Jatene, tirando votos importantes do tucano, contribuindo para, uma vez perdida a eleição, varrer o PSDB do mapa da viabilidade político-eleitoral no estado por muitos anos. Inclusive, Almir Gabriel, todos sabem, abertamente não deseja fortalecer Jatene e um PSDB, para ele, subordinado dos interesses de São Paulo (José Serra) e da Vale. Gabriel fala, inclusive, em votar em Dilma ou Marina. Diz que ele participou desse acerto com Jáder.

4 – O deputado Jáder fez o que sempre se propôs: candidatar-se ao Senado, a partir de um bom acordo com o PT. João Batista, Paulo Rocha, Everaldo Martins, Zé Eduardo Dutra, Alexandre Padilha, Ana Júlia e Zé Dirceu, tratando com Jáder, conquistaram a vitória do entendimento político e da aliança programática.

5 – A saída de Jáder da disputa, faz com que pelo menos 2/3 de seus votos migrem para a governadora, segundo pesquisa que fiz no Círio (para bom entendedor…), bem como esta, após a consolidação da opção pelo Senado, tende a receber boa parte dos apoios de prefeitos do PMDB já no primeiro turno.

6 – Para melhorar a situação, PTB e PR devem compor a chapa da governadora. Não apostem no contrário.

Esse é o verdadeiro cenário posto.

Os que, falando por porta-vozes, buscando descrenciar a coordenação política que viabilizou esse cenário favorável – com a governadora crescendo nas pesquisas, tomando a iniciativa política que lhe cabe sem interlocutores, agregando desgarrados por inúmeras razões – manipulando sinais da conjuntura para tentar recuperar desgastada imagem pública, cabe refletir sobre a seriedade do que dizem, afinal, “mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira”.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. Então deputado, o senhor quer dizer com a sua análise, que há um acordo entre PMBD e PT para o lançamento do candidato Juvenil?Quer dizer que vão manipular os eleitores? fazerem todos de bestas, idiotas? Pois saiba que idiotas são vocês se isso realmente aconteceu. A resposta vocês terão nas urnas.Aguardem!

    Permalink
  2. Não, anônimo, presta atenção.
    Significa que PT e PMDB tem em comum o projeto de continuar desenvolvendo o Brasil e o Pará com a inclusão do nosso povo. E quanto a isso, o PSDB não se encaixa, é adversário desse projeto. Então, PMDB e PT estarão juntos no segundo turno para impedir o retrocesso.

    Permalink
  3. Bordalo,
    Foi a melhor análise que li a respeito do fato.

    Permalink
  4. PR – Anivaldo Vale é o Vice
    PTB – Yamada é suplente do Paulo Rocha
    PMDB – apoia no 2o turno, dividindo o PSDB com adesão do Almir, extingue os tucanos no Pará e pavimenta o Helder como sucessor da Ana Júlia. Jáder não ponto sem nó e de quebra ainda põe de novo a conta da vitória no 2o round nas habilidades dele.

    Permalink
  5. O Zé Carlos devia ter vergonha de ser porta-voz de um molque despreparado como o Puty.

    Permalink
  6. O Juvenil é candidato pra valer…rsrsrsr
    É pra trazer o Almir, forçar segundo turno pra fortalecer as negociações do Jáder, mas também resguardar a base governista.

    Permalink
  7. O Juvenil não fica até o final. Sai antes pra apoiar a Ana e emplacar a vice. Aposto.

    Permalink
  8. O Jáder tá plantando a semente do PSDB ser refém dele na sucessão da Ana Jólia

    Permalink
  9. Priante, Elcione e Helder são 3 patetas que não entenderam a gran jogada del Barbalhón. O primo, a ex- e o filho, logo se vê, que não tem a habilidade do velho diabo na veia, o que é bom pro Paulo Rocha.

    Permalink
  10. Prefeito Bordalo.

    Permalink
  11. E se o Juvenil for pro segundo turno hem, deputado? Duvideodó que o PT apoie ele!

    Permalink
  12. Recado dado, recado recebido, né Pity?
    Por que o ex chefe não vem a público dizer o que pensa? tá enquadradinho é?
    HAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

    Permalink
  13. Foi por ter passado o comando da campanha pro Campo Majorutário que a Ana Júlia se recuperou, mas pau que nasce torno nunca endireita e quem nasce burro anda de bitola, apanhando, a vida inteira.

    Permalink
  14. O Jáder errou porque misturou política com amor, agora vai ver o PMDB pela primeira vez dividido em prévia interna pra escolher candidato laranja.

    Permalink
  15. Sem o Juvenil Ana Júlia dá-lhe no Jatene no 1o turno

    Permalink
  16. Só faltou combinar com os eleitores, né Bordalo? Vcs tão com prazo de validade vencendo!!!! Ninguém acredita numa palavra de vcs, rapaz!!! Não tem a mínima credibilidade nem com o povo e nem com os aliados!!! O Jáder prefere mil vezes tratar com o Jatene, seu antigo parceiro, do que com vcs!!! Aguarda pra ver!!!!

    Permalink
  17. Bordalo, Gostei de tua análise. Porém no desenrolar da campanha ninguem segura uma estratégia assim. Sempre o segundo bate no primeiro e o terceiro no segundo e no primeiro. Talvez sirva para a eleição dos senadores do PMDB e PT, mas não para a eleição da governadora. Ela tem que se cacifar, mostrando as realizações e ter uma performance que, sem perigo a lance ao segundo turno. E isto não pede passividade, ao contrário, muita ação e exposição mostrando as inversões de prioridade em relação aos governos anteriores. E cobrar de todos os aliados, inclusive dos ressentidos, defesa intransigente de seu governo.

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.