O sucateamento, a precarização no atendimento e a ameaça de privatização do IASEP

Sem categoria
O IASEP, Plano de
Assistência, criado por lei com a missão institucional de prover a Assistência
aos servidores do Estado do Pará e seus dependentes a ele vinculados por meio
de adesão e inclusão voluntárias, vem
enfrentando dificuldades em sua administração em função de dívidas e da má
gestão.

Notícias veiculadas
recentemente por diferentes meios de comunicação do Estado do Pará denunciam
uma série de problemas enfrentados por servidores usuários do plano para conseguir atendimento médico.
Clínicas e médicos credenciados estariam demorando até seis meses para realizar
uma consulta.

O diretor do Sindicato dos médicos no Pará (Sindmepa), Lafayette
Monteiro, relata em reportagem ao G1Pará que, para a categoria, o baixo valor
das consultas e o atraso no repasse do pagamento são os principais fatores que
dificultam o atendimento. O normal, segundo Lafayette, é receber o
pagamento em 60 dias após a entrega da fatura. Hoje, no entanto, está sendo
pago em até seis, sete meses e o valor atualmente é muito baixo. Segundo o
dirigente sindical, paga-se R$36 por uma consulta e o ideal seria em torno de
R$85. 

As dívidas, a má gestão e as reclamações cada vez maiores dos servidores
sobre a qualidade do serviço, que já foi um dos melhores no Estado, estariam
influenciado na vontade do governo do Estado em privatizar/terceirizar o
Instituto.

A terceirização é uma
forma dissimulada dos Governos de matrizes neoliberais privatizarem serviços
públicos de importante interesse social. A terceirização que tem sido feita
pelo governo do Pará é certamente a forma mais nociva de repassar o dinheiro e
o patrimônio público à iniciativa privada, pois são empresas com aparências de
ONGS, porém, com práticas de empresas que objetivam somente o lucro sem nenhum
compromissos com o zelo pelo patrimônio público.

Neste sentido,
protocolei nesta quarta-feira junto a Mesa Diretora da Alepa, um requerimento
em que solicito esclarecimentos do Governo do
Estado do Pará sobre o sucateamento do Instituto de Assistência à Saúde dos
Servidores do Pará-IASEP, a precarização do atendimento aos servidores e sobre
o suposto processo de privatização,
considerando que essa
“ameaça”da Gestão dos recursos do IASEP não pode se transformar em realidade.

Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.