Número de mortes no trânsito na cidade de São Paulo cai 21,4%

Sem categoria
Exemplo de política pública que dá resultados efetivos.
São Paulo – O número de mortes no trânsito da cidade de São Paulo, entre janeiro e novembro do ano passado, caiu 21,4% em comparação com igual período de 2014. Os dados foram apresentados hoje (11) pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e apontam para 246 mortes evitadas. A maior redução corresponde a acidentes envolvendo ciclistas – queda de 27,4%.
No período analisado do último ano, a CET contabilizou 904 óbitos em acidentes de trânsito, enquanto em igual período de 2014 foram 1.150. O dados isolados do mês de novembro apontam para uma redução nas mortes de 23,5%, com 75 casos no ano passado, ante 98 em 2014. Entre os ciclistas, foram 31 acidentes fatais, ante 43.
Os bons resultados indicam, de acordo com a CET, que o Programa de Proteção à Vida (PPV), implementado pela gestão de Fernando Haddad (PT), estão colaborando para uma cidade mais segura. O objetivo da capital paulista é se aproximar da meta para a Década de Segurança Viária, sugerida pela Organização das Nações Unidas (ONU), que propõe um teto de seis mortes a cada 100 mil habitantes por ano até 2020. Atualmente, a cidade está com média de 8,36 mortes por 100 mil habitantes, um bom número perto da média do estado de 17,40 mortes por 100 mil habitantes.
Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, a redução expressiva de mortes entre os ciclistas está relacionada à expansão na malha cicloviária. “A decisão da política pública voltada à bicicleta também está fomentando a conscientização de um transito mais seguro e pacífico”, afirmou o secretário Jilmar Tatto. Atualmente, a cidade conta com 381 quilômetros de ciclovias, sendo 284,4 quilômetros implementados na atual gestão.
A CET destaca outros fatores. O PPV contempla uma séria de ações para um trânsito mais seguro, especialmente para pedestres. A redução das mortes neste grupo foi de 23,9%. Iniciativas como redução de velocidade em diversas vias da capital, bem como a revitalização de 4.537 semáforos e os bolsões de parada junto aos semáforos para ciclistas e motociclistas contribuem para o atual cenário.
Também houve queda em relação às mortes envolvendo motociclistas, de 410 em 2014 para 332 no ano passado. “A maior fiscalização e implantação de sinalização específica para motociclistas tem ajudado a reduzir o índice de acidentes”, afirmou o secretário.

Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.