“Mil e uma utilidades”

Sem categoria

Blog do Bordalo MariseMorbach

Por Marise Morbach, no Quinta Emenda (leia nota acima)

Pesquisas de Opinião são como Bom-Bril: “tem mil e uma utilidades”.
Segundo a pesquisa Ibope/CNA: 92% condenam ocupações do MST, e “a maioria dos brasileiros considera ilegal a invasão de propriedades”. É mesmo? Não, não é!
Foram 2 mil entrevistados que responderam a um número x de perguntas, e sobre um assunto que não está ao alcance dos entrevistados resolver, só podem opinar.
A pesquisa foi encomendada pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com o intuíto de checar a imagem do MST.
Primeira pérola: 90% dos consultados revelam que são favoráveis à causa da reforma agrária, mas sem violência ou invasão de terras. Para 85% o direito de propriedade privada é essencial ao País e, 77% acreditam que os que já possuem propriedade hoje, tem o direito de escolher se quer ou não produzir nela.
Porém, 58% dos entrevistados considera que o movimento é legítimo porque são trabalhadores querendo terra para trabalhar e morar, mas que não têm condições de pagar por ela.

Segunda pérola: ao falar do MST, 69% dos entrevistados ligam o movimento a invasões, 53% a atos de violência, 38% à luta por direito, 32% à reforma agrária e 26% à desobediência. A pesquisa aponta ainda que 54% das pessoas ouvidas atribuem os conflitos no campo ao MST.

A soma dos 38% que ligam o movimento à luta por direitos, mais os 32% que ligam o movimento com a reforma agrária, totalizam 70%. Os 26% ligados com a desobediência, nada acrescentam à imagem do MST, pois o conceito de desobediência civil está ligado às ações dos movimentos sociais.

A maior contradição da pesquisa: 70% dos entrevistados responderam que a organização prejudica o desenvolvimento econômico e social, a geração de empregos, os investimentos nacionais e estrangeiros e a imagem do Brasil no exterior. Ou seja, como se trata de uma questão na qual os entrevistados não dominam o tema, e são informados apenas pelos mídias, ela reflete os pontos nos quais os mídias conseguiram influenciar, de forma mais efetiva, a opinião dos entrevistados. No geral, o MST está muito bem na foto.

Agora veja qual foi a manchete do Diário do Pará on line:

“Ibope/CNA: 92% condenam ocupações do MST”

Esse tipo de ‘Pesquisa de Opinião’ tem a função de formar ‘a opinião’.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. O Jáder sempre foi um lsócio-lacaio da FAEPA. Não duvidem. O falecido Paulo Fonteles que o diga. O João Batista tb. É ounão é Barbalhão? Hein, Simone?

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.