Meia-passagem: cuidado com o tiro no pé

Sem categoria

Tem crescido os comentários sobre um movimento para que a governadora vete a regulamentação da meia-passagem intermunicipal, aprovada recentemente pela Assembleia Legislativa, após um acordo entre as bancadas da Casa, envolvendo também o articulador político do governo no parlamento, Consultor Geral do Estado Carlos Botelho, e o líder do Executivo, deputado Airton Faleiro.

Conheço a governadora, sua experiência de vice-prefeita, vereadora, deputada federal e senadora. Ela nunca vai cair numa armadilha dessas. Se a força empresarial fez com que o projeto ficasse parado por dois anos e meio, com o retorno dele para o Plenário teremos mais uma geração de jovens sem usufruir da meia-passagem.

Os estudantes estão caindo numa jogada eleitoreira de quem nunca se envolveu nas negociações com os setores diretamente afetados (usuários, empresários, estudantes e governo), não participou dos acordos institucionais, não sabe o que é correlação de forças desfavorável e, embora pretenda adquirir, não tem experiência política nem legislativa. Ou, então, de pessoas que jogam para a “torcida”, interessados, de forma individualista, só em aparições midiáticas para tirar proveito eleitoral, sem querer saber do impacto social que poderá ser prejudicado.

Trabalhar pelo veto é um desserviço aos estudantes e se a governadora cair nessa armadilha estará deixando lhe fugir pelas mãos algo que já é patrimônio do seu governo.

Ao invés da anti-agenda do veto, precisamos trabalhar pela implantação do benefício. O governo tem que cumprir a pauta do ICMS e IPVA, passando a disputa para a Comissão Gestora, que poderá alargar o piso de 10% para muito além do teto final de 30% como era a proposta do deputado Jordy.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. Hum Deputado, esse rapaz o Puty pensa que todo mundo é besta..até o senhor.

    Permalink
  2. deputado Bordalo,

    Não concordo com essas práticas espúrias de manipular os outros, ainda mais quando são jovens cheios de esperança e ideais no olhar. Essa é a marca mais terrível da degeneração de certos setores do nosso PT.

    Permalink
  3. Bordalo
    Agora a gov vai ter que esclher se poe na fogueira o Botelho ou o Puty. Eu acho que é jogo de cena da Casa cvil. Ele diz para os jovens que vai fazer mas não dá a cara a tapa para o Botelho bater. Duvideodó!!

    Permalink
  4. se a ana júlia fizer isso tá fú porque vai queimar o Faleiro, a bancada PeTista, o Botelho e inda engolir os deputados derrubando o veto. AH VAI

    Permalink
  5. Tem gente que vê o mundo preto e branco ideologicamente e não consegue perceber que para muito além de meia dúzia de entidade estudantil de representatividade questionável tem os pais desses alunos. Esse sim vão aplaudir de pé a meia-passagem intermunicipal. É so fazer conta. Renda doméstica ficou bem mais leve com os Kits Escolares e a Meia-Passgem.
    Esse pessoal que orienta a governadora tá cada diz mais louco.

    Permalink
  6. ela ainda quer mais vaias?
    se toca ana judas

    Permalink
  7. Não entendo pq o governose nega a negociar IPVA e ICMS..O PFL em Brasília paga o passe livre (não é meia não) com dinheiro do Tesouro.
    É o Puti bafo de onça mesmo.

    Permalink

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.