Madeireiros abrem fogo contra fiscais do Ibama e indígenas Tembés

Tenho dito e repetido que temos imensa segurança pública 

no estado do Pará e que a falta de segurança é um fracasso 

do governo Jatene.

 

Na notícia mais abaixo, um retrato dessa falta de segurança!

***

Agentes foram rendidos e ficaram perdidos em terra onde havia madeira ilegal 

Neste domingo (2), madeireiros atiraram contra fiscais do Ibama, policiais militares e índios que faziam a retirada de uma carga de madeira apreendida de dentro da Terra Indígena Alto Rio Guamá em Paragominas, a 500 quilômetros da capital paraense. 
 
A madeira foi apreendida no ano passado depois de ser extraída ilegalmente de dentro da Terra Indígena, mas só agora o Ibama pôde fazer cubagem, para porterior retirada. Os policiais e fiscais foram surpreendidos pelos madeireiros, que atiraram contra a equipe. Não há notícia de feridos, mas dois policiais militares e o índio Valdecir Tembé estão desaparecidos
 
O Ministério Público Federal- MPF por meio do procurador da República Gustavo Henrique Oliveira, de Paragominas, pediu reforço da Polícia Federal e Militar no local. 
 
Ele acompanha o caso e enviou ofícios à Polícia Federal, ao Ibama, Funai, à Secretaria de Segurança Pública e ao Batalhão de Polícia Ambiental do Pará para conter os madeireiros. 
 
Segundo testemunhas, os agentes foram rendidos e se encontram perdidos no local. A Funai informou, ao telefone, que os madeireiros retiveram as armas dos agentes. Um indígena está perdido. Solicito, com urgência, o apoio desse Batalhão, para conter os conflitos, resguardar a integridade das pessoas envolvidas e assegurar a madeira derrubada’, diz o ofício enviado hoje ao Batalhão de Polícia Ambiental. ‘Ressalto que os fiscais do Ibama e os policiais do BPA foram rendidos no local. Houve negociação para que fossem soltos. Porém, há relatos de que dois policiais continuam na Terra Indígena, perdidos’, disse no documento enviado à PF. 
 
Fonte: Portal ORM Com informações do MPF no Pará

Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.