III PNDH em pauta

Sem categoria

Blog do Bordalo Vanu
Uma discussão muito importante que os paraenses não podem deixar de travar, até porque em nosso estado houve muitos crimes e expoentes desses atos lesa-humanidade, é sobre o III Plano Nacional de Direitos Humanos, que tem produzido muita polêmica, na verdade estimulada pelos meios de comunicação.

Por isso, de hoje até sexta, publicarei artigos e reportagens sobre esse tema, sem, claro, deixar de externa minha posição a respeito do assunto, tanto a de conteúdo, quanto a de forma, a estratégica e a tática.

Aguardo a participação de todos e todas nesse bom debate para o Brasil e ao Pará. Começando pela postagem abaixo.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. NO BLOG DO ESPAÇO ABERTO:

    TA AI A REALIDADE DE VOCES´ÓÓÓÓ

    Duciomar e Ana Júlia: unidos pelo pão e pelo circo
    Duciomar e Ana Júlia.
    Ana Júlia e Duciomar.
    Prefeito de Belém e governadora do Pará.
    Governadora do Pará e prefeito de Belém.
    Um pela outra, a outra pelo um, deu no mesmo.
    No dia 12 de janeiro, ontem, o dia do aniversário de Belém, o que tivemos?
    Tivemos pão e circo.
    Mais circo do que pão, aliás.
    O governo do Estado contratou os sambistas Dudu Nobre e Diogo Nogueira para divertirem o eleitorado no Hangar. Foi na segunda-feira. Vejam na foto Sua Excelência e o secretário de Cultura, Edilson Moura – pré-candidato da Democracia Socialista (DS) a deputado estadual – com os cantores.
    Ontem, foi a vez de Duciomar, que desembolsou uns tostões – e ponham tostões nisso – para que Fábio Jr. desse as suas carreirinhas num palco armado na Aldeia Amazônia, que já foi Cabana.
    Também ontem, Duciomar distribui pedaços de um bolão de 430 quilos para os belenenses.
    Reparem bem.
    Vocês acham que Belém, uma cidade que se quer a Metrópole da Amazônia, o Portal de Entrada da Amazônia, uma cidade com quase 400 anos, vocês acham que Belém, enfim, se contenta com isso?
    Reparem só.
    Sem exagero, mas há anos que Belém não comemorava o seu dia, o seu aniversário da forma que comemorou ontem: sem uma obra sequer para ser entregue à população. Nenhuma obrinha, dessas que hoje, no dia seguinte ao aniversário, a pessoa pudesse passar por lá e dizer: “Olhem, isso aqui quem fez o Duciomar”; ou então: “Olhem, isso aqui quem fez foi a Ana Júlia”.
    Qual a obra marcante de Ana Júlia?
    Uma cozinha.
    E de Duciomar?
    Uma avenida, a Duque.
    Aliás, vamos ser justos.
    No quesito inoperância, o prefeito está pior do que a governadora.
    Porque ela está no início do quarto ano de governo.
    Ele já está no início do sexto ano.
    E as peças publicitárias?
    Um espanto.
    Um verdadeiro espanto.
    Os jornais publicaram uma peça de Duciomar.
    Aparece uma moça – de uma bela morenice, ressalte-se – com os braços abertos. Ao fundo, aparecem algumas fotos: do Theatro da Paz, do Círio, do Palácio Antonio Lemos…
    E obras, gente, e obras de Duciomar?
    Para não dizer que nada aparece, aparece uma – uminha: um pedacinho, 50 metros se tanto, do Projeto Orla, que está com 70% por serem concluídos.
    Pois é.
    Diante de tudo isso, desse deserto de realizações, restou o quê.
    O pão e o circo.
    Aliás, mais o circo do que o pão

    Permalink
  2. Caro Deputado Bordalo,
    Gostaria de ver uma análise sua a respeito da nota "À SOCIEDADE BRASILEIRA", publicada no Diário do Pará de hoje de autoria do Fórum das Entidades Empresariais do Estado do Pará e do Instituto "Alerta Pará", organizações auto-intituladas "defensoras da democracia e da manutenção do Estado Democrático de Direito".
    Confesso que tomei dois dramins após ler a referida nota, mas espero seus comentários, sempre muito esclarecedores e inteligentes. Sorte minha, pois acabei de me regozijar com a diversidade de golpes que desferiste no Parsifal. Ele deve ter ficado mais tonto que os adversários do Lioto Machida. Isso me lembrou também daquela reprimenda pública(pra nós paraenses, carão mesmo) que a Dilma deu no Agripino Maia via satélite, que depois da vergonha amarela virou Agripinho.

    Beto Brandão – Capanema/PA

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.