Favorecimento político. Não generosidade.

Um bom esclarecimento sobre a polêmica envolvendo os hansenianos no estado do Pará é encontrado numa postagem do blog Na Ilharga, do sociólogo Jorge Amorim, que reproduzo abaixo:

“O Governo não deve recuar da intenção de modificar o texto da Lei Complementar 05/91 pois, do jeito que está redigida, parece casuísmo com a finalidade de criar curral eleitoral, travestido de assistência social.

Pagar um benefício mensal a portador de hanseníase reconhecidamente pobre e incapaz de trabalhar é atitude positiva, no sentido de contribuir para a promoção da inclusão social. Agora, abrir esse leque de beneficiários a um universo que considera pobres até os que ganham R$2325,00, ainda com a obrigatoriedade da destinação de 10% do benefício à entidade que promova assistência aos portadores dessa enfermidade é, no mínimo, sujeito à suspeição.

Talvez uma Audiência Pública na Assembléia Legislativa, com a participação dos diversos segmentos envolvidos na questão, seja a saída para que se proporcione à população meios para discernir o que é ação de inclusão social e o que é favorecimento político camuflado de generosidade”.

É o que digo: factóides e mais factóides dos tucanos. Gotaria muito de debater um projeto para o Pará, com idéias e propostas, mas isso está em falta no “ninho”.

Em tempo: Ao contrário do que repercute parte da nossa imprensa, o senador Flexa Ribeiro (PSDB), “cotoquista” que está disputando ferozmente o comando do tucanato com o jatenista deputado Zenaldo Coutinho, não tem nada a ver com a Universidade do Oeste do Pará . É apenas o relator do projeto que a criou.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. que tal um debate voltado ao desenvolvimento econômico de povos e comunidades tradicionais?

    Permalink

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.