Deputado Bordalo ameaça sair da CPI do Detran

O
deputado estadual Carlos Bordalo (PT) ameaçou sair da CPI do Detran
nesta quarta-feira, 21.08, durante mais uma reunião de trabalho, que
aconteceu na sala dos ex-presidentes da Assembleia Legislativa do Estado
(Alepa).

A
decisão foi tomada após o presidente da CPI, Ítalo Mácola (PSDB),
sugerir que não seria necessário ouvir as esposas dos jogadores da
Associação Desportiva Santa Cruz de Cuiarana, de Salinas, uma vez que já
tinha requerimento na Casa pedindo o comparecimento à CPI da gerente da
Ciretran de Salinas, Elizabeth Thamires de Souza Cordovil, que também
seria esposa de um jogador do Clube.
“Não
podemos deixar de ouvir pessoas que estão sendo acusadas de serem
beneficiadas pelo suposto esquema de desvio de dinheiro. Parece que a
presidência da CPI quer prejudicar as investigações”, alegou Bordalo,
acrescentando que “se não forem tomadas providências, consultarei o
partido (PT) para uma possível saída ou não da Comissão”.
O
parlamentar criticou também a demora em serem aprovados os seus
requerimentos e a não convocação de pessoas citadas nas denúncias pelo
fato de o presidente da CPI, Ítalo Mácola, achar não ter provas para
poder convocá-las.
“Já
participei de várias CPIs e informo-lhe que esta comissão tem sim,
tecnicamente, o poder de convocar qualquer pessoa a prestar
esclarecimentos, exceto autoridades federais. Caso contrário, como
explicaremos a sociedade sobre a credibilidade desta Comissão?”, indagou
Bordalo.
O
deputado sugeriu ainda que fossem ouvidos os presidentes do Sindicato
dos Servidores do Detran e do Clube Santa Cruz de Cuiarana; além dos
responsáveis legais pelas empresas Climept e Arqdigital, acusadas de
serem favorecidas pelo suposto desvio de recursos públicos.
Por
unanimidade, foi aprovado pelos membros da CPI, o requerimento que pede
a convocação, para a próxima quarta-feira, 28.08, da gerente da
Ciretran de Salinas, Elizabeth Thamires de Souza Cordovil; e,
nominalmente, das supostas esposas dos jogadores do Santa Cruz de
Cuiarana: Viviane Freitas Leitão Costa, Luiza Elaine Abronheiro Barros, Thuana Picoli Floriano da Silva e Jenekelly.
Participaram
da reunião da CPI, os deputados Ítalo Mácola (PSDB), presidente;
Fernando Coimbra (PSD), relator; Carlos Bordalo(PT), membro; e Tião
Miranda.

Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. 2014 chega e ninguém quer se queimar!

    Permalink

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.