Corrupção é marca dos demos-tucanos

Sem categoria

Blog do Bordalo Corrupto

O Partido dos Trabalhadores (PT) apresentará à Câmara Legislativa do Distrito Federal, um pedido de CPI para investigar um esquema de distribuição de mesada para parlamentares, comandado, segundo mais de 30 vídeos entregues ao MP, com autorização da Justça, pelo governador José Roberto Arruda (DEM).

Um absurdo que apenas foram afastados três secretários e um assessor que estariam envolvidos do esquema revelado pela Polícia Federal, e só o secretário de Relações Institucionais, Durval Barbosa, tenha sido exonerado e por que assinou um acordo de delação premiada.

Barbosa disse que Arruda desviava dinheiro tanto para questões políticas quanto pessoais.Quando acusou o PT, a imprensa não usava o termo “suposto”, embora Roberto Jefferson tenha sido cassado justamente por falta de provas das afirmações que fez. Neste caso, há provas em excesso.

A operação agora da direita é chutar o governador Arruda o mais rápido possível para não afunda ainda mais a candidatura de José Serra. Por isso, recomendo que você leia o artigo O Poderoso Chefinho, de Laerte Braga, para entender melhor “a jogada”.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. E a Globo diz que é o "mensalão do DEM de Brasília". HO HO HO…

    Permalink
  2. O Bob Jefferson não tinha uma prova, o PIG não tinha nenhum documentinho, mas os demos tão reZistrados, gravados. Jaula pra essa RAÇA do Bornhausen!

    Permalink
  3. E O ASSALTO DA SEDE DA DS?
    TEM TESTEMUNHAS

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.