Abandono

Comunidades de Surubim em Anapu sofrem com ramais e pontes sem reparos e manutenção

As crianças das comunidades precisam ir a pé para a escola, a caminhonete que leva os alunos não consegue transitar pelas estradas
Ilustração / site Repórter Parintins

Na época do inverno amazônico estradas, ramais e vicinais encontram sem condições de trafegabilidade, é o caso do Ramal dos Taxistas, região do Surubim e Vicinal Água Preta no município de Anapu (PA). Atendendo ao apelo das comunidades o deputado Bordalo protocolou moção nesta quarta-feira (04), em sessão da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), para que a Prefeitura do referido município realize reparos e manutenção nas estradas e pontes que dão acesso às comunidades da região.

Vicinal em Anapu sem condição de tráfego de veículos
Foto recebida por WhatsApp de morador local

O ramal dos taxistas tem em média 28 km de extensão de uma estrada intrafegável com várias pontes e baixões, sendo a única via de acesso à região do Surubim. Segundo relatos, a estrada não tem condições de trafegar, as crianças das comunidades necessitam ir a pé para as escolas, já que a caminhonete que leva cerca de 22 alunos não consegue transitar pelas estradas.

Na mesma área existe um travessão, chamado Água Preta, que dá acesso a vários ramais, porém também se encontra totalmente intrafegável, cheio de ladeiras em péssimas condições e somente carros traçados conseguem subi-lo.

A população do ramal dos taxistas e da região do Surubim estão inseridas em áreas em que os estudos econômicos não justificam a construção de estradas pavimentadas, criam-se então estradas vicinais, ou seja, estradas não pavimentadas caracterizadas por ter baixo fluxo de veículos. Esse tipo de via de pouca vida útil é predominante em todo o Brasil e normalmente são formadas por uma camada superficial do próprio solo local misturado com agregados ou material ligante.

Leia mais: Bordalo solicita construção de ponte do Igarapé Mata-Fome no Pratinha 2

Anapu e Altamira têm apresentado maior crescimento desde 2002, segundo dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). De 2003 a 2006, Altamira e Anapu apresentam os valores mais próximos ao PIB do Estado do Pará. O que já seria suficiente para que houvesse também o melhoramento de suas estradas, pontes e ramais.

Os moradores denunciam que as estradas estão completamente abandonadas, tomadas por buracos, poças de água, lama e sem sinalização, prejudicando todos que vivem na região e que precisam trafegar pelo local.

O deputado Bordalo ressalta que “a pavimentação asfáltica desta rodovia beneficiará o desenvolvimento social e econômico, o transporte de cargas, o escoamento de produções agrícolas e a trafegabilidade de pessoas das comunidades que utilizam esta via”.

A solicitação do parlamentar, que preside a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa, será comunicada por ofício à Prefeitura Municipal de Anapu e à Secretaria Municipal de Obras Viação e Infraestrutura do município, também levada ao conhecimento para a Câmara de Vereadores, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Pará (FETAGRI) e a Associação Comercial e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rural de Anapu.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.