Começa a se armar um teatro da impunidade

Blog do Bordalo seffer
Por falar nos demos, registro que o deputado “renunciado” Seffer faltou à audiência sobre as acusações de crime de pedofilia a que responde na Justiça. Na Assembléia Legislativa, ele não conseguiu explicar de modo convincente as denúncias da moça, então menor, que se diz vítima de barbaridades cometidas contra ela pelo médico.

Nos diversos depoimentos colhidos pela CPI da Exploração Sexual, era muito presente a tese de que a família da menina-estopim do inferno político do ex-deputado seria dependente financeira dele, bem como vulnerável à manipulações por pura precaridade financeira e social.

Muito estranho, portanto, que Seffer tenha faltado a audiência, mas tenha ido a irmã da vítima que, ainda por cima, declarou que ele estaria sendo alvo de uma armação, cujo mentor seria o pai de ambas, um homem retratado como oportunista e aproveitador, em busca de extorquir dinheiro.

Se Seffer não “deve”, porque não foi à audiência? E se o pai das irmãs – vítima e desqualificadora da vítima – for à Justiça se entregar e “confessar” a versão de que é o algoz do deputado “renunciado”? Se ele realmente sair candidato a deputado estadual pelo PP, como garantem alguns, ano que vem? Como fica a sociedade paraense?


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. Se o Seffer escapar a sociedade paraense não vai aceitar e vai aproveitar logo pra cassar o deputado Jordy nas urnas por incompetência em tocar a CPI.

    Permalink
  2. Esse monstro safado não tem vergonha nenhuma. É a "Flora" do Pará. Não tem nada na caebça só maldade e sacanagem.

    Permalink
  3. Se a Justiça aliviar a desse bandido, o povo pega ele…nas urnas ou nas ruas mesmo.

    Permalink
  4. Se o Seffer escapar a sociedade paraense não vai aceitar e vai aproveitar logo pra cassar o deputado Jordy nas urnas por incompetência em tocar a CPI.

    Permalink
  5. Esse comentário burro que se refere ao Jordy só pode ter sido enviado por um pedófilo.
    A CPI da Pedofilia da ALEPA mostra competência de seus integrantes e dignifica o Parlamento.

    Permalink
  6. a ds também vai ficar impune?

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.