Caso Lana não é piada. Pode ser seríssimo

Sem categoria

Blog do Bordalo gravida triste
Tido e havido como “piada”, é bom todos prestarem atenção no caso, que já foi estampado até pela Rede Globo, da jovem Ana Pimenta, 19 anos, que estaria grávida, mas de quem não nasceu nenhum bebê durante a cirurgia de parto na Maternidade do Povo.
Segundo a imprensa, “o médico José Maria Guimarães, 64, informou à família, após submeter a jovem a uma cesariana, que em seu ventre não havia nenhuma criança”. A questão é que esse aviso só foi feito uma hora e meia após o procedimento e que a jovem foi completamente sedada para ele, o que não é padrão nesses casos, porque apresenta riscos para a criança.
Além disso, o Diário do Pará estampa hoje que a médica obstetra Ana Maria Oliveira, responsável pelo pré-natal da jovem, atestou novamente sua gravidez e que ela fazia acompanhamento mensal na unidade da Marambaia desde o 6º mês, tendo todos os registros de consultas e exames realizados, nos quais está mais do que comprovada a presença do bebê. Também, segundo a reportagem, o médico ultrassonografista Wanderlan Quaresma, da clínica onde os exames foram realizados, afirma que a gravidez é verídica.
É bom que a SESMA cumpra o que está dizendo e apure detalhadamente o caso, pois, à primeira vista, podemos enumerar hipóteses terríveis como erro médico seguido da morte da criança, ou coisas piores como sequestro para, sabe-se lá que finalidades, passando da adoção ilegal ao tráfico de pessoas e órgãos, casos que cada vez mais tem como público preferencial pessoas de baixa renda da nossa população e que tem que ter seus direitos e dignidade resguardados.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. E o médico que operou ainda tentou o tempo todo levantar suspeita de charlatanismo e incompetência sobre o colega que cuidou da garota antes

    Permalink
  2. Cadê o Conselho Regional de Medicina numa hora dessas????? Que absurdo minha gente isso que aconteceu com essa pobre menina!!

    Permalink
  3. Com certeza essa garota foi vítima de um desses graves crimes. Não sei nem pro que eu rezo pra ser..sei lá tomara que achem essa criança

    Permalink
  4. Bordalo,
    E a mídia sem vergonha como sempre, doida pra vender jornal, saiu logo fazendo graça e coro com a versão da gravidez psicológica sem ouvir ninguém, sem checar as informações, só depois que se tocaram.
    Lei pra eles! leis pra eles cumprirem como todos os cidadãos!!

    Permalink
  5. Posição firme e oportuna Bordalo, faltava mesmo uma autoridade plítica entrar no caso.

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.