Cai número de jovens atendidos pelo Programa Bolsa Trabalho

Esta semana, dentre os vários projetos aprovados na Assembleia Legislativa do Pará, um deles causou protesto da nossa bancada. De autoria do Poder Execultivo, o projeto reduz a permanência dos jovens que são beneficiados pelo programa Bolsa-Trabalho de 24 para 12 meses, além da redução dos recursos do programa e do número de jovens atendidos com o financiamento e qualificação profissional.

Criticamos a redução do alcance do programa, uma queda de quase a metade do número de beneficiários que eram atendidos no governo anterior. Com a mudança na lei, em 2012, apenas 10 mil jovens poderão ingressar no programa. Isto é um prejuízo, pois o programa social é um grande aliado para a redução da criminalidade. Os jovens atendidos pelo Bolsa Trabalho recebem informações e se qualificam profissionalmente, colaborando para o afastamento desses jovens da bandidagem. Acho uma pena que o Governo do Estado reduza o número de jovens.

O Bolsa Trabalho é o mais importante programa social criado pelo Governo Ana Júlia. Além de receber o dinheiro mensalmente, aos integrantes do Bolsa-Trabalho são ofertados cursos profissionalizantes em áreas como turismo, corte e costura, construção civil, informática, entre outros. Atualmente, há 26 mil jovens participando do Bolsa-Trabalho. Eles têm entre 18 e 29 anos, são desempregados e estudantes de escolas públicas.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.