Bordalo parabeniza o Programa de Participação Popular “Tá Selado”

O parlamentar destaca que o projeto permite que os cidadãos exerçam controle direto sobre o presente e o futuro da sua cidade
Foto/Divulgação: facebook Tá Selado

Em mais um projeto inclusivo e para o povo, o “Tá Selado” um Fórum Permanente de Participação Cidadã foi consolidado na atual gestão da Prefeitura Municipal de Belém.

O Deputado Bordalo (PT), que também é Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do Pará (ALEPA), encaminhou na última terça-feira (15) um requerimento que requer Votos de Aplausos ao Prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, e ao Vice-Prefeito, Edilson Moura pela iniciativa de criar o Programa “Tá Selado”, uma proposta que permite a participação dos moradores da região metropolitana e ilhas nas decisões do governo municipal.

A participação do povo nos projetos do governo municipal é um dos fundamentos da democracia participativa, um modelo de gestão que busca garantir a dignidade da pessoa humana e faz com que a população possa atuar além do voto, ou seja, onde ela possa fiscalizar, opinar e cobrar a administração pública da cidade, isso é a clara expressão do exercício da democracia.

Qual o principal problema do bairro e/ou de Belém? Quais as soluções  pensadas para a cidade? As respostas para essas perguntas devem vir de quem realmente vive na cidade e sofre na pele os problemas do cotidiano.  

Desta forma, além do fortalecimento da cidadania e da participação da comunidade, enquanto forma de controle social e mecanismo de prevenção da corrupção, o “Tá Selado” é um processo de participação cidadã que reúne governo e moradores de Belém para juntos apresentar e avaliar propostas prioritárias que vão orientar a gestão da cidade. Essas propostas serão base para a elaboração do Plano Plurianual (PPA), da Lei Orçamentária Anual (LOA) e do plano de longo prazo, “Belém 2035, 200 anos da revolução cabana”. 

A participação será dividida em quatro etapas e as regras do processo serão compartilhadas nas plenárias virtuais. Cada plenária conta com representantes e lideranças dos movimentos sociais de vários segmentos que vão poder discutir temáticas e questões numa diversidade de práticas e necessidades, como dos segmentos LGBTQI+, mulheres, juventude, esporte, servidores públicos, saúde, educação, religiosidade, negros e negras, indígenas, cultura, economia, trabalho, renda, transporte, acessibilidade, saneamento, meio ambiente, direitos humanos, cultura, comunicação, entre outras tantas temáticas que movem processos sociais na cidade.

O Deputado Bordalo, no requerimento, considera que a  criação do Programa “Tá Selado” reforça  as convicções  dos  governos progressistas que pela própria característica da sua formação partidária, se diferenciam  dos outros, ao dividir o poder com o “povo”, “os trabalhadores” e os movimentos sociais. Os Votos de Aplauso foram encaminhados ao conhecimento da  Secretaria Municipal de Coordenação Geral do Planejamento e Gestão – SEGEP, ao Partido dos Trabalhadores – PT e ao Partido Socialismo e Liberdade – PSOL.  


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.