Bordalo faz apelo a Jair Bolsonaro contra o desmonte da Política Nacional de Saúde Mental

Governo Federal e Ministério da Saúde pretendem revogar portarias editadas entre os anos de 1991 e 2014
Foto/Divulgação:Assembleia Legislativa do Espírito Santo

O Deputado Bordalo (PT-PA) apresentou requerimento apelando ao Presidente da República e ao Ministro da Saúde que revejam a decisão de revogar cerca de cem portarias sobre saúde mental. O documento foi protocolado à mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), nesta quarta-feira (09), durante sessão ordinária.

O parlamentar ressalta no documento a humanização que a Política Nacional de Saúde Mental desenvolveu ao longo dos anos, lembrando que foi construída pelo Ministério da Saúde e é resultado de um processo histórico de luta antimanicomial, iniciada nos anos 80.

Leia Mais: Concretização de direitos são os sonhos para o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Em pronunciamento Bordalo critica o retrocesso que estas medidas implementam na Psiquiatria “A volta dos tão tristemente famosos hospitais psiquiátricos, é uma ameaça a décadas de conquista do tratamento humanizado dos transtornos mentais no Brasil”.

A revogação atinge o programa anual de reestruturação da assistência psiquiátrica hospitalar no SUS, as equipes de Consultório na Rua, o Serviço Residencial Terapêutico e a Comissão de Acompanhamento do Programa De Volta para Casa.

Além destes, no rol de serviços que poderão ser extintos, estão a Rede de Atenção Psicossocial (RAPs) que trabalha para pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, além da extinção do CAPS.

Decisões que caracterizam o desmonte da Política Nacional de Saúde Mental no país, provocando uma grave ferida aos direitos humanos, além de desconsiderarem o Brasil como um pioneiro na implementação de políticas humanizadas para saúde mental por mais de três décadas.

 


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Tamanho da Fonte