As três contradições tucanas da semana

Sem categoria

Blog do Bordalo destaque 131237 jatene dol
O PSDB nacional, especialmente sua bancada no Senado Federal, comandada pelo senador rejeitado nas urnas na tentativa de reeleição em 2010, Tasso Jereissati (CE), foi o principal adversário da entrada da Venezuela no Mercosul. Os tucanos de todo o País assinavam embaixo da atuação contra aceitação da nação vizinha no Mercosul, pois nenhuma liderança, de nenhum estado da Federação declarou-se em contradição com a linha de Tasso e Cia. Nem um piu ou mudança de rota ocorreram sequer diante do argumento de que era uma ótima parceria econômica para o Brasil, destacadamente para os estados do Norte e Nordeste.

Agora, leio no blog do Marcelo Marques, o Bacana, que “Com o objetivo de ampliar essa relação comercial, o secretário estadual de Agricultura, Hildegardo Nunes, juntamente com o presidente da Associação Paraense dos Criadores de Búfalos (APCB), Roberto Fonseca, esteve nesta terça-feira, 18, com a cônsul da Venezuela em Belém, Leonor Osorio Granado, manifestando o interesse do Governo do Pará em manter e expandir a parceria e a cooperação técnica com os venezuelanos”. Cooperação esta inaugurada e desenvolvida com vigor pelo governo do PT.

Informa o Bacana que na próxima segunda-feira, “o embaixador da Venezuela no Brasil deve vir a Belém para um encontro com o governador Simão Jatene, quando o assunto novamente será tratado”.

Esse, meus amigos e amigas, é o padrão “faça o que eu digo não faça o que eu faço” dos tucanos”, e acabam surfando na herança bendita deixada por nós, ainda que diariamente criem factóides falando mal do estado que receberam.

Além deste caso da Venezuela, também no blog do Marcelo Marques pode ser a notícia de que o novo chefe da Casa Civil, Zenaldo Coutinho, falou no SBT que “é de 80 milhões o débito do Governo só nesse mês de Janeiro, claro lembrando que a culpa é do governo anterior”. Mas, seguindo a leitura da postagem, sabe-se que declarou, no final, que “cortes devem ser feitos mesmo, para economizar mas salientou que segurança pública, saúde e educação não terão orçamento mexido”. Ou seja: reconhece que os investimentos previstos pela ex-governadora Ana Júlia são fundamentais para responder à demanda dessas áreas.

A realidade é mesmo dura e desmoralizante para o novo governo, tanto é que, ainda no blog do Bacana, sai estampado: “Pesquisa do Dieese no Pará mostra que o Estado foi o maior gerador de empregos formais na região Norte.Em toda a região Norte foram gerados 136.259 postos de trabalho. Dos sete Estados que compõem a região, o maior destaque foi o Pará, com a geração recorde de 52.297 postos de trabalho”. Obra da nossa política econômica, que termina por ajudar a desmontar toda essa farsa e encenação dos “cortes de gastos”. Crescemos e crescemos bem, com arrecadação aumentando junto com o consumo.

O que o Pará precisa mesmo é que o novo governador comece a governar.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. DEixa de balela deputado, a EX -governadora fez tanto e está fora?E o que o Sr diz da dívida de mais de 700 milhões deixada por Ana Júlia ou pelo núcleo burro do governo.

    Permalink
  2. Em clima tenso, depois de esperar por mais de uma hora e meia, os servidores ouviram que o governo não vai cumprir a lei, alegando o descumprimento da lei eleitoral e de responsabilidade fiscal. Em troca, a secretária da SEAD apresentou formalmente a disposição do governo de construir em 180 dias uma nova proposta de Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) para o Detran.

    Falando em nome da categoria, o presidente do Sindetran, Elias Monteiro, criticou a decisão do governo lembrando que a lei surgiu de uma ampla discussão da categoria com o Detran, deputados estaduais e o Governo anterior.

    Negou que se trata de um benefício gratuito do Governo Ana Julia, pois foi preciso realizar duas greves para que o Executivo desse andamento a lei aprovada. Debatida no conjunto da categoria e com o governo, a lei obteve inclusive parecer favorável da Procuradoria Geral do Estado (PGE), mesmo Órgão que agora, estranhamente, questiona sua legalidade. O texto acabou aprovado por unanimidade na Alepa, com aprovações nas Comissões de Constituição e Justiça (CCJ)- onde atuaram como presidente e relator, respectivamente, os deputados Bosco Gabriel (PSDB) e Parsifal Pontes (PMDB) e de Orçamento e Finanças, com a presidência de Simone Morgado (PMDB) e relatoria de Bira Barbosa (PSDB). É claro o desrespeito do Governo com o Poder Legislativo!

    O sindicato garantiu que usará de todos os meios jurídicos e políticos para a implementação da lei. “Trata-se de um discurso hollywoodiano do Governo que coloca uma faca na cabeça dos servidores do Detran”, criticou Monteiro. Quanto ao PCCR, o sindicalista lembrou que a categoria discute o assunto há quase quatro anos e que existe uma minuta de PCCR pronta para ser discutida e aprovada. “Se o governo quer aprovar o PCCR ótimo, mas não vamos aceitar como moeda de troca para abrir mão do cumprimento da lei. Além disso, tem que revogar o decreto que barra direitos dos servidores e dizer que tipo de mágica vai fazer para equilibrar as contas e implementar melhorias salariais ao mesmo tempo, em apenas 180 dias como propõe agora”, ironiza a vice-presidente do Sindetran, Arieth Costa.

    Diante dos acontecimentos, a diretoria do Sindicato decidiu que vai defender a entrada da categoria em estado de greve na Assembléia Geral que acontece às 8 h, em frente a sede da Autarquia, nesta quarta-feira, 26. O Sindetran estuda ainda que tipo de medida judicial poderá tomar, caso o governo insista em descumprir a Lei 7474/2010, que instituiu a reestruturação do Detran.

    Após a Assembléia, a diretoria do Sindetran participará de uma reunião, no final da manhã, com a Intersindical que deve contar com representantes do Sintepp e Sindfisco, categorias que também se consideram diretamente atingidas pelo decreto governamental de 19 de janeiro. Decreto este que é claramente inconstitucional, já que não tem atribuições jurídicas para revogar leis vigentes. “O desrespeito do governo com essas categorias é flagrante e precisa ter uma resposta. Os servidores do Detran estão prontos para a luta”, finaliza o diretor, Maurício Facundo.

    Lacênio Barbosa
    Dir. Comunicação
    Sindetran/Pa”

    Permalink

Leave a Comment

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.