Amanhã a instalação da CPI do Detran. E também a greve na CELPA por conta de demissões imotivadas.

Deve ser instalada amanhã a CPI do DETRAN, protocolada pelo deputado Parsifal Pontes do PMDB.  

  • Hoje o PT apelará às outras bancadas e à mesa diretora, em nome da economicidade e razoabilidade que funcione 1 única CPI do DETRAN. O custo de no mínimo 50 mil mensais por CPI não recomenda a instalação de 2 CPIs para investigar fatos determinados em 1 mesmo órgão.

  • O PT indicou o meu nome para representar a bancada como membro na CPI.

===
Greve na Celpa – E amanhã também começa a greve na Rede Celpa, puxada pelo valente Sindicato dos Urbanitários do Pará, em protesto às demissões imotivadas que estão acontecendo na Celpa. Leia mais abaixo o ofício que foi enviado pelo presidente do Sindicato ao nosso mandato.
===
Minhas tuitadas:


Mais de 200 mil empregos com carteira assinada no mês de abril no Brasil, representa mais de 4 milhões de vagas durante o governo de Dilma(PT).


Indústria em crescimento, inflação desacelerando, mercado de trabalho estável com taxa baixa de desemprego: reeleição de Dilma(PT) caminhando.


E o Maílson da Nóbrega, lembram dele? Foi Ministro da Fazenda de desemprego alto e inflação mais alta ainda. Com esse zero crédito, quer chamar a atenção batendo em Dilma por causa da economia.

===
As razões da greve na CELPA


O ofício do Sindicato ao nossomandato

Belém, 16 de maio de 2013.

Exmo. Sr.

Deputado Estadual Carlos Bordalo

Assunto: Demissões Imotivadas na CELPA/EQUATORIAL.

Senhor Deputado,

Este Sindicato dos Urbanitários do Pará, legal e legítimo representante dos Trabalhadores(as) da CELPA/
EQUATORIAL, no estado do Pará, vem por seu Diretor Presidente, expor e ao final solicitar, como segue:

1. A CELPA foi privatizada em 1998, pelo Governo do PSDB e entregue a um grupo paulista de nome Rede Energia;

2. Até novembro de 2012, ou seja 14 anos de concessão, o Grupo Rede, cometeu as maiores atrocidades com os consumidores e com os seus trabalhadores no Pará;

3. Baixo  investimento na manutenção, expansão e melhoramento do sistema elétrico no Estado; com transferências de recursos para a Holding em São Paulo, em detrimento de aplicação no sistema local;

4. A CELPA foi utilizada como banco para financiamento das outras concessionárias do Grupo,

5. O Grupo Rede demitiu trabalhadores, substituindo-os por serviços terceirizados, que
precarizaram os índices de qualidade da Empresa em todo o Pará;

6. A CELPA por consequência, submete-se a um regime de recuperação judicial com débitos da
ordem de 3 bilhões de reais, desde de fevereiro/2012;

7. Em novembro de 2012, o controle acionário da CELPA foi transferido a outro grupo de nome EQUATORIAL ENERGIA, mesmo controlador da concessionária de energia CEMAR no
Maranhão, de origem no sistema financeiro;

8. O histórico do Grupo EQUATORIAL, no Maranhão, é de demissão em massa e permanente de trabalhadores e terceirização exagerada das atividades-fim da empresa, com uma relação de 5 trabalhadores terceirizados para cada 1 trabalhador efetivo. A Cemar possui 6.079 terceirizados e 1.182 empregados próprios;

9. Para assumir a Celpa o Grupo Equatorial Energia exigiu da ANEEL aumento de tarifa, o que foi
concedido. É bom lembrar que a CEMAR possui a 2ª maior tarifa do Brasil;

10. No mês de abril/2013, a CELPA/EQUATORIAL, lançou um Plano de demissão voluntária-PDV, com a intenção de desligar 564 empregados, que significa 27% de sua mão de obra própria;

11.Esgotado o prazo para adesão, resultou em aproximadamente 240 trabalhadores (as) que solicitaram seus desligamentos da empresa;

12. Acontece que, inesperadamente, a CELPA/EQUATORIAL, colocou em prática inúmeras demissões de forma imotivada, que está provocando um clima de apreensão e de revolta nos trabalhadores;

13. Provocado pela categoria, o Sindicato dos Urbanitários, realiza mobilizações na base para
contestar e impedir novas demissões, que culminou com a aprovação em Assembleia Geral dos Trabalhadores de GREVE POR TEMPO INDETERMINADO a partir do dia 22/05/2013, caso a Empresa não acorde com esta Entidade a interrupção das dispensas imotivadas.

14. Este processo de demissão e consequente terceirização das atividades levará a CELPA/EQUATORIAL a continuar com os maus serviços prestados a nossa população.

15. Estamos enfrentando um grupo poderoso, que tem seus tentáculos principalmente na imprensa e algumas instituições dos poderes legislativo, executivo e judiciário, que age de forma autoritária, inclusive com práticas anti-sindicais, para impedir conquistas da classe trabalhadora e obter o lucro fácil e incomensurável.

Dessa forma solicitamos vossa colaboração de classe, vossa solidariedade e vossa intervenção junto ao
Governo Federal, que é o poder concedente, no sentido de barrar esse processo de demissão imotivada
na CELPA/EQUATORIAL.

Solicitamos ainda vossa presença no dia 22/05/2013 (quarta-feira) as 08:00 horas, nos portões da
CELPA/EQUATORIAL, para dar apoio a nossa greve.

Atenciosamente,
RONALDO ROMEIRO CARDOSO
Diretor Presidente.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.