A reabertura das atividades no Parlamento e os desafios para 2016

Sem categoria

A falta de cordialidade do governador Simão Jatene com o
Parlamento foi mais uma vez o principal questionamento na Sessão Solene desta
terça-feira, que marcou a
abertura do ano legislativo. Mais
uma vez os deputados só tomaram  conhecimento
do teor da mensagem do governador, no momento em que ele usou a Tribuna. Não
houve tempo hábil para o debate por parte da oposição. Já apresentamos projeto
para alterações no Regimento Interno, que é omisso. Mas, há dois anos que não é
votado em plenário.

Deselegância a parte, é preciso destacar os desafios para
2016. É fundamental que o Estado desenhe um novo sistema de atendimento na
saúde pública, que apresenta diversos problemas por todo o Pará. A implantação
dos hospitais regionais é um avanço inegável, mas ao mesmo tempo pressionou as
estruturas municipais de saúde, que não dão conta da recepção para a triagem
dos pacientes a serem encaminhados a esses hospitais. A saúde, portanto,
inspira cuidados.

Nós temos a missão, este ano, na Assembleia Legislativa,
que é aprovar em o Fundo de Infraestrutura, uma promessa do executivo em 2015, ao
criar a Taxa Hídrica. O governo do Estado, portanto, deve ao Legislativo o
envio desse projeto.

Por que é importante o Fundo de Infraestrutura? Para que
os recursos, advindo da cobrança da Taxa Hídrica, não fiquem apenas sob o
controle do executivo estadual, mas que os municípios também possam se
beneficiar dessa arrecadação, para enfrentar problemas sérios, como a trafegabilidade
das estradas vicinais e o custeio dos serviços básicos à população. Nada mais
justo que aquilo que é arrecadado pelo Estado, também possa, uma parte, ser
compartilhado com os municípios.

Outro tema importante para 2016 é o federativo, considerado
suprapartidário. A luta de todos nós, independente do partido, no sentido de
conquistar um lugar melhor para o Pará na Federação. É necessário qualificar a
nossa representação política. É fundamental que a gente altere determinadas
regras no plano federativo, que acabam penalizando Estados, como o Pará, que é
exportador, que é produtor de energia, mas, ao mesmo tempo, não consegue ter os
benefícios gerados aqui, devolvidos em forma de investimentos ao nosso povo.

Temos que ter muita habilidade e equilíbrio em 2016, um
ano de eleições municipais.. É um momento importante, mas, é necessário que o
Parlamento do Estado não se esqueça das suas obrigações, ou seja, ao mesmo
tempo em que participa das eleições municipais, dê conta de fiscalizar o
executivo estadual, de lutar por aquilo que é essencial  para o conjunto do Estado e, dessa forma, cumprir
o dever.

É fundamental que avancemos nesse Estado com a melhoria
da educação. Sem educação não teremos saídas duradouras e definitivas para a
crise. É necessário que o Estado avance na segurança pública, enfrente a
bandidagem e o crime organizado com firmeza. 

É preciso que o Estado definitivamente
aposte na agricultura, uma grande geradora de postos de trabalho e emprego e,
acima de tudo, que o Pará avance na defesa e promoção dos Direitos Humanos, no
combate ao trabalho escravo, à pedofilia e crimes de mando.



Somos portadores do mandato popular. E o povo que nos
elegeu quer que executivo e legislativo tenham equilíbrio, serenidade e firmeza
para defesa dos interesses maiores do Estado do Pará. O relacionamento do
executivo com o Parlamento é essencial para tanto. 

Que venham os desafios!

Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembleia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Você se inscreveu com sucesso na newsletter

Ocorreu um erro ao tentar enviar sua solicitação. Por favor, tente novamente.

Blog do Bordalo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.