Foto: Reprodução / SempreViva Organização Feminista  A idade mínima para as mulheres se aposentarem, trabalhadoras do setor privado da área urbana, passa de 60 para 62 anos com contribuição mínima de 15 para 20 anos. De modo geral essa é uma das mudanças apresentadas para o sistema previdenciário na proposta da reforma da previdência elaborada […]

O que a reforma da previdência reserva para as mulheres?

No Comments Sem categoria
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
Foto: Reprodução / SempreViva Organização Feminista
 A
idade mínima para as mulheres se aposentarem, trabalhadoras do setor privado da
área urbana, passa de 60 para 62 anos com contribuição mínima de 15 para 20
anos. De modo geral essa é uma das mudanças apresentadas para o sistema
previdenciário na proposta da reforma da previdência elaborada pela equipe
econômica do Presidente Jair Bolsonaro, comandada pelo Ministro da Economia,
Paulo Guedes.
Se
for aprovada as mulheres que contribuírem durante
20 anos poderão receber 60% da média de todos os salários. Para receberem 100%
do benefício o tempo de contribuição será de 40 anos.
A
proposta da reforma da previdência do Governo de Bolsonaro se apoia nos dados
de 2017 do IBGE sobre a expectativa de vida dos brasileiros, e que apontou que
as mulheres estão vivendo mais que os homens, contudo o Governo ignora as
desigualdades regionais e a dubla jornada das mulheres.
Assista
ao vídeo e confira!

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa

Contato comunicação: bordalo13@gmail.com

Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembléia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.