Professoras da rede pública de ensino do Pará ganham reconhecimento nacional


Mariana Barros com o prêmio que recebeu do Ministério da Educação (Foto: Dominik Giusti/Diário do Pará)

O deputado estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da
Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa, parabenizou,
nesta terca-feira (11), em votos de aplausos, as professoras Adriane Gisele Sá
Menezes, Mariana Silva Barros e Lilia Melo, docentes das escolas municipais e
estaduais de Tucuruí, Santarém e Belém pelo reconhecimento nacional de suas
propostas pedagógicas criativas e inovadoras na rede pública de ensino.
As professoras foram reconhecidas na 11º edição do prêmio
Professores do Brasil, organizado pelo Ministério da Educação que busca
divulgar, reconhecer e premiar o trabalho de professores da rede de escolas
públicas que contribuem para a melhoria de ensino e aprendizagem desenvolvidos
em sala de aula.
A professora Adriane Gisele Sá Menezes, da Unidade Municipal
de Educação Infantil de Santana, de Santárem, idealizou o projeto “Bebês em
movimento: brincadeiras e descobertas no berçário” que recebeu o prêmio
regional Norte na categoria creche.


Mariana Silva Barros, da escola municipal de ensino
fundamental Mariana Leão Dias, de Tucuruí, resolveu usar a criatividade no
ensino do atletismo. Com o projeto “Democratizar o ensino do atletismo na
escola: procedimentos alternativos para a sua aplicabilidade”, a professora
utiliza materiais alternativos como varas de bambu e pratos descartáveis na
prática do esporte. Foi premiada na categoria Ensino Fundamental.


Em Belém, no bairro da Terra Firme, a professora Lilia Melo,
da escola estadual Brigadeiro Fontenelle, encontrou na escola espaço para a
discussão sobre a realidade local e ações que envolvam a comunidade. Ela
recebeu o prêmio do MEC pela realização do projeto “Terra Firme: Juventude
Periférica – do extermínio ao protagonismo” que conta com atividades como
saraus, teatro e dança, cineclubes e produções culturais.
Para Bordalo, a escola é uma das instituições mais
importantes para o desenvolvimento de um país. “O que temos visto é uma
situação que se deteriora cada vez mais, e se torna angustiante, com
professores mal remunerados, crianças que não podem ir para a escola por um
motivo ou por outro e tantos outros problemas. No entanto, fico extremamente
feliz que mesmo diante de cenários caóticos como estes, encontramos professores
que com muita força de vontade e determinação conseguem fazer grandes
transformações no dia a dia da sala de aula e na vida dos alunos”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.