Deputados em visita à empresa Imerys, em Barcarena Os deputados da CPI que investiga danos sociais e ambientais em Barcarena visitarão, nesta quinta-feira (09), as dependências da mina de bauxita da Mineração Rio do Norte, em Oriximiná. Integram a comitiva os deputados Celso Sabino, relator da Comissão, e Carlos Bordalo, membro titular da CPI e […]

CPI Barcarena visita mina de bauxita em Oriximiná


Deputados em visita à empresa Imerys, em Barcarena


Os deputados da CPI que investiga danos sociais e ambientais em Barcarena visitarão, nesta quinta-feira (09), as dependências da mina de bauxita da Mineração Rio do Norte, em Oriximiná. Integram a comitiva os deputados Celso Sabino, relator da Comissão, e Carlos Bordalo, membro titular da CPI e presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa.

A partir de 8h30, será realizada uma mesa redonda na Câmara Municipal de Oriximiná, reunindo vereadores e outras lideranças políticas locais, sobre a atuação das mineradoras no Pará e nos municípios, abordando aspectos econômicos, políticos, sociais e ambientais. Em seguida, os deputados se deslocam de avião até Trombetas. Na mina, os deputados irão conhecer o processo produtivo desenvolvido pela empresa. 

Para o deputado Carlos Bordalo, a CPI tem evidenciado aspectos importantes da cadeia mineradora do Estado, ressaltado, sobretudo, os impactos sociais e ambientais desse processo, em que muitas vezes comunidades inteiras são desalojadas ou sofrem contaminação. Mais do que reforçar a fiscalização dos órgãos ambientais, Bordalo defende um novo modelo de extração mineral no Pará, com a criação de um Fundo Soberano Estadual, que garanta recursos advindos dessa cadeia mineral para as comunidades direta e indiretamente atingidas e para segmentos estratégicos para o desenvolvimento do Estado, como a educação. 

A mina de bauxita da Mineração Rio Norte é a maior do Brasil e uma das maiores do mundo. A exploração do minério gera cerca de 3,3 mil empregos e produz em média 18 milhões de toneladas de bauxita por ano, material usado para produzir alumínio. 

A MRN extrai a bauxita, realiza o beneficiamento, faz o transporte ferroviário em trens com 46 vagões, cada um com capacidade para transportar até 85 toneladas de minério, numa ferrovia de 27 km, secagem e embarque nos navios de até 60 mil toneladas. 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Zap: 55 91 99319 8959

Gabinete: Palácio Cabanagem – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Show Buttons
Hide Buttons