A Vila Nossa Senhora Aparecida é cenário de um conflito histórico entre os municípios de Breu Branco, Moju e Goianésia do Pará. Oficialmente a comunidade, que reúne mais de 400 famílias, pertence a Goianésia, mas estaria dentro dos limites de Ipixuna. A situação prejudica os moradores, que dependem de políticas públicas e se dizem ignorados […]

Deputado solicita ao Iterpa demarcação de comunidade em Ipixuna

No Comments Sem categoria
A Vila Nossa Senhora Aparecida
é cenário de um conflito histórico entre os municípios de Breu Branco, Moju e
Goianésia do Pará. Oficialmente a comunidade, que reúne mais de 400 famílias,
pertence a Goianésia, mas estaria dentro dos limites de Ipixuna. A situação
prejudica os moradores, que dependem de políticas públicas e se dizem ignorados
pela prefeitura de Goianésia.
“Vivemos um dilema constante e
somos humilhados”, diz Manoel, da Associação de Defesa dos Trabalhadores Unidos
de Vila Nossa Senhora Aparecida. Ele liderou um grupo de moradores que esteve
na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) nesta terça-feira (28) para conversar
com o deputado Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos
e Defesa do Consumidor.
Entre as reivindicações da
comunidade está a implantação do Ensino Médio de forma regular, pois o ensino
modular oferecido pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) tem se mostrado
deficiente. A Vila Nossa Senhora de Aparecida não possui sistema de telefonia,
outra demanda importante para amenizar o isolamento da comunidade.
No dia 08 de fevereiro deste
ano, o deputado Carlos Bordalo solicitou, em caráter de urgência, ao Instituto
de Terras do Pará (Iterpa) e ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
(IBGE) providências para esclarecer a que município pertence do Distrito de
Aparecida na PA-150. Para o deputado, o impasse se deve, provavelmente, a
superposição dos limites entre os municípios de Breu Branco, Goianésia e
Ipixuna do Pará.
“Uma legislação mais
transparente, que descreva de forma clara os limites de cada município e a quem
pertence cada área ocupada é urgente”, diz o deputado, que solicitou que seja
garantida a presença de representante dos respectivos municípios e da
comunidade nas diligências que deverão ser realizadas pelo Iterpa para a
revisão e definição de limites.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Zap: 55 91 99319 8959

Gabinete: Palácio Cabanagem – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Show Buttons
Hide Buttons