Em São Paulo, Serra, com a benção de FHC, recompõe-se com Orestes Quércia, homem público que, dentro do velho MDB, motivou a fundação do PSDB pelo “autênticos”, Mário Covas à frente. Por isso, registro aqui a coerência do ex-governador Almir Gabriel, que foi candidato a vice-presidente na chapa de Covas em 1989. Ele rompeu com […]

Almir, um tucano coerente como Mário Covas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Em São Paulo, Serra, com a benção de FHC, recompõe-se com Orestes Quércia, homem público que, dentro do velho MDB, motivou a fundação do PSDB pelo “autênticos”, Mário Covas à frente. Por isso, registro aqui a coerência do ex-governador Almir Gabriel, que foi candidato a vice-presidente na chapa de Covas em 1989. Ele rompeu com Jáder no início dos anos 90 e de lá para cá nunca mais quis conversa com o líder peemedebista.

E o que isso tem a ver com 2010? Tem a ver que o movimento feito pelo PMDB (leia nota acima) de se aproximar do DEM, com Valéria Pires Franco na vice e Jáder na cabeça, não tinha nome de peso para o Senado. E onde tem Jáder não tem Duciomar. Então, qual era o objetivo dessa “vacância” de nomes para a Câmara Alta? Eleger o companheiro Paulo Rocha é que não era.

Na verdade, setores do PMDB – os que estão ferozes contra a governadora na ALEPA – e do PSDB, Simão Jatene no comando, visavam um “chapão” com barbalhistas e demos contra o PT. A vaga do Senado seria do ex-governador Simão. Ou, quem sabe, ele na cabeça e Jáder para o Senado.

Aí que entra o nome de Almir Gabriel e a chapa com ele para o governo e Jatene para o Senado. Gabriel é tucano de verdade e não permitiria uma incoerência dessas. Colocou os funcionários de Jáder, de dentro e de fora do PMDB, no devido lugar.

Posts Relacionados

  1. Exatamente, Bordalo, Essa é a diferença de Almir e Jatene. O Jatene é um estrategista que põe a política no centro. O Almir quer que o partido se curva ao seu pensamento e coloca as idiossincrasias no centro. Por isso que ele perdeu em 2006 e vai perder de novo.

    Permalink
  2. O Covas foi um bandido que privatizou SP, meteu a porrada nos movimentos sociais, agravou o desemprego e arrochou os salários. Coerente DE FATO. Igual ao Almir Gabriel.

    Permalink
  3. Anote aí deputado: em 2010 vão ter 4 candidatos. Um do PMDB, um do PT, um do PSDB e um do PTB. E o do PTB leva porque tem identidade pessoal com o Lula, tem a máquina da PMB na mão e é conhecido no estado. A Dilma vai ter 3 palanques no Pará e a Ana tá ferrada.

    Permalink
  4. E como concilia a lei eleitoral e os palanques nesse chapão do Jáder?
    Nunca vi esse cara com ódio de ninguém (pq pra fazer uma m…a dessa tem que tá com muita raiva maninho)

    Permalink
  5. O bicho doido é petista. E maluco, a Dilma não vai ter 3 ela vai ter ´50 palanques no Pará, te encherga seu louco. Ela vai tomar uma surra do Serra que nunca mais ela vai querer se meter em política…

    Permalink
  6. Ao anônimo do dia 17. Meu caro, realmente a sua governadora terá 3 palanques: um do PT [corrúpto e mensaleiro], outro do MST [milicia armada que mata inocentes no campo] e o terceiro dos empresários de ônibus, cujos ela deixou felizes com o veto do Pl [Projeto de Lei] da meia passagem.
    Ela merece esses tres palanques…

    Permalink

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa

Contato comunicação: bordalo13@gmail.com

Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembléia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.