Muitos me parabenizaram pelas posições firmes que expus contra a manobra dos latifundiários para desgastar a governadora, mas preciso reiterar que nunca afirmei que o TJE esteja a serviço da FAEPA, UDR, CNA, Daniel Dantas ou coisa que o valha.O tribunal, repito, decidiu apenas permitir ao Supremo investigar o pedido de intervenção federal e nada […]

A situação vai se normalizando

Muitos me parabenizaram pelas posições firmes que expus contra a manobra dos latifundiários para desgastar a governadora, mas preciso reiterar que nunca afirmei que o TJE esteja a serviço da FAEPA, UDR, CNA, Daniel Dantas ou coisa que o valha.O tribunal, repito, decidiu apenas permitir ao Supremo investigar o pedido de intervenção federal e nada mais. Só que isso foi uma decisão errada porque até o ministro Gilmar Mendes já havia declarado a total falta de necessidade de uma medida assim. O TJE tomou uma decisão que, na prática foi uma vilania, baseada em falsas informações e factóides criados pelos ruralistas mais atrasados, do trabalho escravo e dos crimes ecológicos. Ponto. O Supremo vai corrigir e colocar os politiqueiros que induziram os desembargadores a essa decisão no seus lugares devidos.Ontem, após acordo entre Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra com o Incra e o ouvidor agrário nacional Gercino da Silva, começou a ser desocupada a PA-150, na cirva do “S”. O estado está pacificado e as reintegrações estão sendo cumpridas.Agora, além de massificar a informação do que estamos fazendo em relação certos excessos dos movimentos sociais, precisamos travar a disputa contra o latifúndio improdutivo, grilado e criminoso. Marcas da estrutura fundiária do Pará.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Zap: 55 91 99319 8959

Gabinete: Palácio Cabanagem – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Show Buttons
Hide Buttons