Mas a decisão da maioria dos desembargadores continua sendo uma vilania porque correspondeu à força que o setor madeireiro tem na nossa economia primário-extrativista e que, quando pressionado pela sociedade, se articula e demonstra o poder que tem, exigindo que o Estado se volte para atender seus interesses de forma ágil (como sempre foi acostumado), […]

Flexa Ribeiro é a piada do dia após a vilania

No Comments Sem categoria

Mas a decisão da maioria dos desembargadores continua sendo uma vilania porque correspondeu à força que o setor madeireiro tem na nossa economia primário-extrativista e que, quando pressionado pela sociedade, se articula e demonstra o poder que tem, exigindo que o Estado se volte para atender seus interesses de forma ágil (como sempre foi acostumado), mesmo que sob pena de outros investimentos e da sua condição histórica de “bandidos” dessa guerra, pois praticam em larga escala o trabalho escravo e a grilagem. Como atestam pesquisas recentes, sua própria base produtiva é absolutamente questionável: 90% da madeira extraída no Pará é de origem ilegal.

É uma vilania porque não se assentou em fatos concretos. A Polícia Civil não concluiu inquérito sobre a destruição da fazenda Maria Bonita e o Pará tem cumprido com mais agilidade as reintegrações de posse que o governo de Simão Jatene, tempo em que intervenção alguma era cogitada. Inclusive, nem na Era Neoliberal (1995-2006) e nem na ditadura militar, contra qualquer estado brasileiro. Foi um julgamento político, como disse acima.

A piada do dia é o senador Flexa Ribeiro dizer, da tribuna do Senado, que vai cobrar “insistentemente” da governadora Ana Júlia que se “antecipe” ao Supremo. Ou seja, que ela, a ferro e fogo, saia produzindo Eldorados dos Carajás pelo Pará inteiro, bem ao gosto dos tucanos, especialmente ele que é o títere de Almir Gabriel, o carrasco da Curva do “S, na presidência local do PSDB . O parlamentar biônico que quase embarcou na onda da colega Kátia Abreu (aquela que usou recursos da CNA na campanha eleitoral dela) de pedir intervenção no estado e só descolocu dela pelo desgaste que ia sofrer, tem a ilusão de que a medida vai prosperar em Brasília. E o pior de tudo, torce para que isso aconteça.

Flexa faz aqui o que os tucanos nacionais fazem. Preferem torcer contra e prejudicar o estado a ter uma postura digna de homem público para com seus conterrâneos. É a “flexa” do Dantas.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembléia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.