Não existe nenhuma necessidade de intervenção federal no Pará para promover reintegrações de posse, até porque a governadora já executou 200 processos. O que não dá é para isso ocorrer sem planejamento, porque só vai gerar sangue e morte. Não dá para virarmos as costas para a situação da grilagem de terras, verdadeiro motivo de […]

Intervenção é golpe eleitoreiro

3 Comments Sem categoria

Não existe nenhuma necessidade de intervenção federal no Pará para promover reintegrações de posse, até porque a governadora já executou 200 processos. O que não dá é para isso ocorrer sem planejamento, porque só vai gerar sangue e morte. Não dá para virarmos as costas para a situação da grilagem de terras, verdadeiro motivo de tanto conflito no campo. Não pode ser mais como no tempo do Gabriel: bala na nuca. Sumariamente.

Está ficando cada vez mais claro, leitores, a armação – assim como a de abril deste ano – dos latifundiários, setores do poder público, da imprensa e dos agentes de Daniel Dantas para desgastar a imagem da governadora e tentar recolocar o PSDB no poder em 2010. Mas essa leviandade, como a decisão de hoje do TJE, vai estancar em Brasília e todos os que fazem coro com esse ataque ao Pará, Mário Couto e Flexa Ribeiro principalmente, vão pagar caro no ano que vem.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. Concordo, Deputado… no entanto, também não dá pra aceitar a ação da polícia e muito menos a carta super mal escrita do delegado Benassuly (aquele que disse que a menina estuprada em Abaetetuba era débil mental???).
    Depois que a tal carta do delegado confirmou a nota da CPT, a explicação e as devidas providências por parte da governadora e do PT se tornaram mais urgentes ainda!
    Lamentável…

    Permalink
  2. este governo expõe o pará como nunca antes aconteceu
    até novo eldorado pode acontecer
    acho que temos que trocar o nome do estado e em vez de pará algum nome com sentido de "andar"

    Permalink
  3. A Governadora deve ficar de olho neste delegado Benassuly. Este sujeito nunca foi à favor do Governo. Por pouco não provocou outa desgraça no El Dourado de Carajás. Ele estava igual aos que provocaram o problema em El dourado no tempo do Almir, enlouquecido, querendo atirar para matar os camponeses. Parece coisa encomendada, coisa de oposição, coisa de gente emplumada e bicuda. Governadora, abra o olho e EXONERE imediatamente este delegado. Ele ainda v ai ser causa de muita desgraça para o seu governo. Cautela e caldo de galinha, não fazem mal á ninguém Cuidado Ana Júlia

    Permalink

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembléia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.