Tem crescido os comentários sobre um movimento para que a governadora vete a regulamentação da meia-passagem intermunicipal, aprovada recentemente pela Assembleia Legislativa, após um acordo entre as bancadas da Casa, envolvendo também o articulador político do governo no parlamento, Consultor Geral do Estado Carlos Botelho, e o líder do Executivo, deputado Airton Faleiro. Conheço a […]

Meia-passagem: cuidado com o tiro no pé

7 Comments Sem categoria

Tem crescido os comentários sobre um movimento para que a governadora vete a regulamentação da meia-passagem intermunicipal, aprovada recentemente pela Assembleia Legislativa, após um acordo entre as bancadas da Casa, envolvendo também o articulador político do governo no parlamento, Consultor Geral do Estado Carlos Botelho, e o líder do Executivo, deputado Airton Faleiro.

Conheço a governadora, sua experiência de vice-prefeita, vereadora, deputada federal e senadora. Ela nunca vai cair numa armadilha dessas. Se a força empresarial fez com que o projeto ficasse parado por dois anos e meio, com o retorno dele para o Plenário teremos mais uma geração de jovens sem usufruir da meia-passagem.

Os estudantes estão caindo numa jogada eleitoreira de quem nunca se envolveu nas negociações com os setores diretamente afetados (usuários, empresários, estudantes e governo), não participou dos acordos institucionais, não sabe o que é correlação de forças desfavorável e, embora pretenda adquirir, não tem experiência política nem legislativa. Ou, então, de pessoas que jogam para a “torcida”, interessados, de forma individualista, só em aparições midiáticas para tirar proveito eleitoral, sem querer saber do impacto social que poderá ser prejudicado.

Trabalhar pelo veto é um desserviço aos estudantes e se a governadora cair nessa armadilha estará deixando lhe fugir pelas mãos algo que já é patrimônio do seu governo.

Ao invés da anti-agenda do veto, precisamos trabalhar pela implantação do benefício. O governo tem que cumprir a pauta do ICMS e IPVA, passando a disputa para a Comissão Gestora, que poderá alargar o piso de 10% para muito além do teto final de 30% como era a proposta do deputado Jordy.


Curtiu? Compartilhe com os amigos!

Posts Relacionados

  1. Hum Deputado, esse rapaz o Puty pensa que todo mundo é besta..até o senhor.

    Permalink
  2. deputado Bordalo,

    Não concordo com essas práticas espúrias de manipular os outros, ainda mais quando são jovens cheios de esperança e ideais no olhar. Essa é a marca mais terrível da degeneração de certos setores do nosso PT.

    Permalink
  3. Bordalo
    Agora a gov vai ter que esclher se poe na fogueira o Botelho ou o Puty. Eu acho que é jogo de cena da Casa cvil. Ele diz para os jovens que vai fazer mas não dá a cara a tapa para o Botelho bater. Duvideodó!!

    Permalink
  4. se a ana júlia fizer isso tá fú porque vai queimar o Faleiro, a bancada PeTista, o Botelho e inda engolir os deputados derrubando o veto. AH VAI

    Permalink
  5. Tem gente que vê o mundo preto e branco ideologicamente e não consegue perceber que para muito além de meia dúzia de entidade estudantil de representatividade questionável tem os pais desses alunos. Esse sim vão aplaudir de pé a meia-passagem intermunicipal. É so fazer conta. Renda doméstica ficou bem mais leve com os Kits Escolares e a Meia-Passgem.
    Esse pessoal que orienta a governadora tá cada diz mais louco.

    Permalink
  6. ela ainda quer mais vaias?
    se toca ana judas

    Permalink
  7. Não entendo pq o governose nega a negociar IPVA e ICMS..O PFL em Brasília paga o passe livre (não é meia não) com dinheiro do Tesouro.
    É o Puti bafo de onça mesmo.

    Permalink

Deixe uma resposta

Notícias sobre a atuação parlamentar do Deputado Estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Pará.

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Whatsapp: (91) 99319 8959

Gabinete: Assembléia Legislativa do Estado do Pará – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.