O demonste contínuo do Estado, falando da máquina pública, do Pará pelo PSDB desde 1995, produziu a escalada da violência, a tal “sensação de insegurança”, como gostava de chamá-la para esconder seu desgoverno, Almir Gabriel. Já escrevi aqui que “em 2005, foram registradas 92.080 ocorrências. Em 2006, 102.643 . De janeiro a dezembro de 2007, […]

A “sensação de insegurança” dos tucanos

1 Comment Sem categoria


O demonste contínuo do Estado, falando da máquina pública, do Pará pelo PSDB desde 1995, produziu a escalada da violência, a tal “sensação de insegurança”, como gostava de chamá-la para esconder seu desgoverno, Almir Gabriel.

Já escrevi aqui que “em 2005, foram registradas 92.080 ocorrências. Em 2006, 102.643 . De janeiro a dezembro de 2007, exatamente um ano após 12 anos de governos tucanos, chegou-se à marca de 105.993”.

Ficam claros, consequentemente, os motivos que levaram ao caso da menor estuprada numa cela masculina na delegacia de Abaetetuba, além da concepção desses governos anteriores, devidamente aculturada no sistema de segurança, voltada à repressão, despreocupada com a violação de direitos e preferencialmente lançada aos populares de baixa renda. O mesmo se pode dizer da terrível e inominável morte de recém-nascidos na Santa Casa em 2008.

Posts Relacionados

  1. O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER
    O MAL DEESTE GOVERNO É QUE NÃO TEMOS NADA PARA DEFENDER

    Permalink

Deixe uma resposta

Email: dep.bordalo@alepa.gov.pa
Contato comunicação: bordalo13@gmail.com
Zap: 55 91 99319 8959

Gabinete: Palácio Cabanagem – Rua do Aveiro,130 – Praça Dom Pedro II, Cidade Velha – 66020-070 3° andar
Fone: 55 91 3182 8419 (ramal: 4368)

Copyright © 2019 Deputado Bordalo. Todos os Direitos Reservados.

Show Buttons
Hide Buttons