Na era tucana, paralisia, violência e irregularidades

A governadora Ana Júlia fez a opção política de o Estado não mais servir para proteger os fortes e punir os fracos, não se sujeitar mais a ser a gerência de interesses privados em detrimento do interesse público. Por isso, construiu um planejamento de execução de reintegrações de posse para que a vida fosse presevada no meio rural paraense.
Agindo com essa determinação que saímos de campeões de violência no campo para campeões em redução desta violência e estamos encaminhando o mais vasto programa de regularização fundiária da história do Pará (leia nota acima), visando estabelecer um ambiente pacífico, legal e seguro para os investimentos. Para se ter idéia, dos 173 mandatos de reintegração de posse recebidos dos anos neoliberais, restam apenas 63.
Mas, no governo tucano, uma gestão incompetente e descompromissada produziu a paralisia, a violência e a fraude, cujo maior símbolo foi o Massacre de Eldorado dos Carajás.
Os 6.102 títulos de terra registrados nos cartórios imobiliários estaduais que possuem irregularidades somam 110 milhões de hectares, equivalentes ao próprio Estado do Pará em áreas griladas, ou seja, usurpadas do Poder Público.
Por isso, apresentei requerimento na Assembléia Legislativa para a instalação da CPI da Grilagem, para uma elite sem projetos de desenvolvimento não mais atentar contra a economia, natureza e povo paraenses.

4 thoughts on “Na era tucana, paralisia, violência e irregularidades

  1. Ufa!
    Agora sim vamos ter debate na blogsfera.
    Comentando o post eu diria que esses tucanos são justamente os responsáveis pelo caos na saúde. A santa casa entrou em colapso justamente um ano depois que foram varridos do Palácio dos Despachos. Muita coincidência.

  2. Nunca vai ser muito repetir o resultado da pesquisa efetuada pela comissão da justiça que identificou uma área "DO TAMANHO DO PARA" SÓ DE TÍTULOS FALSOS eassim as terras paraenses eram entregues ao latifúndio concentrador e injusto patrões do trabalho escravo.
    TRABALHO ESCRAVO COM OS FILHOS DOS OUTROS É REFRESCO.

  3. Interessantes esses petitas, chamavam o Jader de ladrão escurraçavam a família Barbalho e agora estão juntos lado a lado igual o Wladmir que chamou a governadora de tudo menos de santa e agora sai numa foto abraçada com esse deputado que só tem um objetivo arrecadar dinheiro como fez com os tucanos. Essa a cara do PT que já conhecemos igualzinho o Lula que hoje adora o Sarney, o Color o Renan Calheiros e beija a mão do Jader. Essa a cara do PT.Estão vendendo o Pará!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.